Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts de abril 2009

Uma triste procissão

30 de abril de 2009 6

A zona sul de Porto Alegre é famosa também pela sua democracia religiosa. Aqui, a Igreja Nossa Senhora Santa Rita convive em perfeita harmonia com o monumento em homenagem a Oxúm no bairro vizinho, em Ipanema. Eu estava, justamente, comentando com meu colega Luiz Antônio sobre a riqueza das nossas manifestações religiosas, mas fiquei impressionado com as coisas que ele relatou.

O Luiz é apaixonado por barcos e afirma que a beleza da nossa Capital está nas águas do Guaíba. Ele contou que já acompanhou vários eventos religiosos aqui na Zona Sul, mas ao velejar pelas águas do bom e velho Guaíba é que viu a procissão mais marcante da sua vida: a Procissão da Chuva.

Procissão da Chuva? É claro que pedi mais informações, e o amigo velejador relatou em detalhes a experiência que viveu ao conhecer acidentalmente a tal procissão.

Tudo ocorreu em um final de semana chuvoso. Ele navegava ao lado da Usina do Gasômetro, depois passou próximo à foz do Arroio Dilúvio e seguiu em direção aos demais bairros da zona sul da Capital. Passou pelo Cristal, pela Tristeza e por Ipanema. Assim que se aproximou das margens, percebeu que a procissão havia começado já fazia algum tempo. Na verdade, faz vários anos que ela vem ocorrendo. Foi uma experiência extremamente desagradável.

Naquele dia chuvoso, ele viu uma procissão formada por sacos de lixo, garrafas plásticas, calçados, pneus e vários outros objetos. Todos saindo dos arroios e se locomovendo pela chuva em direção ao Guaíba. Foi a procissão mais triste que já viu.

Agora fico aqui com uma dúvida. Será que a culpa dessa poluição toda é apenas da prefeitura ou os moradores da cidade é que estão contribuindo em massa para realização deste evento?

 

Arroios que deságuam no Guaíba carregam também lixo

Postado por Jefferson Terra, Conselho de Blogueiros

Escuridão na orla

29 de abril de 2009 33

Mauro Rosa do Nascimento

Tirei a foto acima em um dos locais na orla por onde passou a Meia Maratona Noturna de Porto Alegre, que ocorreu no último sábado e sobre a qual falamos em um post anterior. A escuridão era total.

Leia mais no Pelas Ruas.

 

Você conhece outros pontos na Zona Sul que necessitam de iluminação pública? Deixe o seu comentário.

Postado por Mauro Rosa do Nascimento, Conselho de Blogueiros

Desvendado o mistério da árvore

28 de abril de 2009 2

Açoita-cavalo

A maioria dos internautas acertou à pergunta feita pela blogueira do ZH Zona Sul Maria Valéria Schneider, em post anterior.

Segundo técnicos da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Smam), a árvore descrita pela moradora do bairro Tristeza é um açoita-cavalo. A espécie foi citada em 13 dos 20 comentários deixados até as 16h30min de hoje.

Postado por Melissa Becker, Redação ZH

Sarau literário em Ipanema

28 de abril de 2009 0

Mario Pirata é o poeta convidado/Divulgação

O Sarau Literário Zona Sul terá sua oitava edição amanhã, dia 29, a partir das 19h30min. O evento contará com o poeta convidado Mario Pirata, com pocket show de bossa nova, com violão e voz de Vítor Lobato, e apresentação da tradutora e contista Cristina Macedo, moradora da Vila Assunção.

O encontro cultural, que ocorre desde julho de 2008 em cafés da região, pretende divulgar a literatura. Essa edição do Sarau Literário Zona Sul será realizada no Miragem Video Café (Avenida Cel. Marcos, 2.296, entrada pela lateral), em Ipanema.

Postado por Melissa Becker, Redação ZH

Você conhece essa árvore?

28 de abril de 2009 23


Vamos fazer um jogo?

Você sabe como se chama essa árvore que encontrei na Zona Sul?

Vale até responder que árvore não se chama porque não tem pernas para vir, combinado?

Orelha e ouvido, acredito piamente que tenham, poque eu falo com elas e, até hoje, nunca reclamaram.

Ou será porque elas não tem boca? Agora, fiquei em dúvida.

E esses frutos, serão comestíveis?

Para que ela serve, afinal de contas?

Qual o nome científico?

Dá para fazer chá?

É a preferida de algum pássaro?

Ela fica muito alta? Quanto se expande? Qual seu tempo de vida?

Gosta de pouca ou muita água?

 

Aguardo contribuições, ok?

Postado por Maria Valéria Schneider, Conselho de Blogueiros

Saiba onde se vacinar na região

27 de abril de 2009 1

Mauro Vieira

Até o dia 8 de maio, pessoas com 60 anos ou mais devem procurar postos de saúde da Capital para receber a vacina contra a gripe. O horário de atendimento é das 8h às 17h, de segunda a sexta-feira.

A equipe de imunizações da Secretaria Municipal de Saúde atualizará o esquema de vacinação da dupla adulto (tétano e difteria) para os idosos que ainda não completaram o esquema de três doses. Por isso, é importante levar o cartão de vacina quando for ao posto de saúde.

A partir de hoje, todos os postos em Porto Alegre podem fazer a imunização, segundo a assessoria de imprensa da Secretaria Municipal da Saúde. Confira abaixo algumas unidades na região:

 

* Programa Saúde da Família Cidade de Deus (Rua da Fé, 350 – Cavalhada). Telefone: 3248-3477

* Unidade Básica de Saúde Beco do Adelar (Avenida Juca Batista, 3.480 – Cavalhada). Telefone: 3264-0560

* Unidade Básica de Saúde Jardim das Palmeiras (Rua Ângelo Barboza, 38 – Cavalhada). Telefone: 3241-2140

* Programa Saúde da Família São Vicente Mártir (Rua Marechal Hermes, 274 – Camaquã). Telefone: 3269-0508

* Unidade Básica de Saúde Camaquã (Rua Doutor Pitta Pinheiro Filho, 176 – Camaquã). Telefone: 3249-2799

* Programa Saúde da Família Nossa Senhora das Graças (Rua Diomário Moojem, 100 – Cristal). Telefone: 3249-1476

* Programa Saúde da Família São Gabriel (Rua Gilberto Jaime, 65B). Telefone: 3241-2744

* Unidade Básica de Saúde Vila Cruzeiro-Febem (Av. Capivari , 2.020 – Cristal). Telefone: 3266 5065

* Unidade Básica de Saúde Ipanema (Avenida Tramandaí, 351- Ipanema). Telefone: 3246-7099

* Unidade Básica de Saúde Tristeza (Rua Wenceslau Escobar, 2.442 – Tristeza). Telefone: 3268-8703

 

* Outros pontos podem ser consultados no site da Secretaria Municipal da Saúde, no link Gerências Distritais

Postado por Melissa Becker, Redação ZH

Meia maratona (quase) às escuras

27 de abril de 2009 5

Após pôr-do-sol, cenário se transforma para corredores/Jefferson Botega, Banco de Dados, 23/05/2008

A Zero Hora dominical trouxe um anúncio, em página inteira, com um lindo chamamento à 26ª Maratona Internacional de Porto Alegre, que será realizada no dia 24 de maio. Nele, a imagem de um pôr-do-sol estilizado se confunde perfeitamente ao de uma tão desejada medalha dourada – troféu daqueles que conseguem completar o desafio dos 42 quilômetros de corrida. As frases “Melhor que assistir ao espetáculo é fazer parte dele” e “Orgulho da cidade” são convites irrecusáveis aos que admiram esporte, natureza e Porto Alegre a comparecer na orla do Guaíba e prestigiar o evento.

No último sábado, ocorreu a Meia Maratona Noturna de Porto Alegre. A organização do Clube de Corredores de Porto Alegre foi elogiável e não houve qualquer reclamação com relação a horários, postos de hidratação, entrega de medalhas e material aos atletas – foi uma verdadeira festa.

Entretanto, com relação à iluminação pública na orla do Guaíba, a sensação foi a de que assistimos um espetáculo às avessas. Não foi com orgulho que observamos, logo após o pôr-do-sol, a região se tornar uma completa escuridão. O percurso entre o Arroio Dilúvio e as proximidades do Museu Iberê Camargo foi iluminado, vergonhosamente, por alguns voluntários com lanternas. A escuridão, e todos os malefícios que dela advém, continuam lá. Administradores municipais, por favor, são apenas alguns postes de luz para recuperarmos o “orgulho” naquele local da cidade!

Postado por Mauro Rosa do Nascimento, Conselho de Blogueiros

Festival Brasil Sabor na região

26 de abril de 2009 3

Linguado Bisque do Sashiburi/Fernando Pires

Começa na próxima quarta-feira, dia 29 de abril, o Festival Brasil Sabor 2009, um dos maiores eventos gastronômicos do país. Na zona sul de Porto Alegre, participam os restaurantes Sashiburi, Chairs e Cantina do Toco.

Confira abaixo a receita participante do Sashiburi, localizado na Av. Pereira Passos, 1.089, no bairro Vila Assunção.

 

LINGUADO BISQUE

 

Ingredientes:

 

Do filé de linguado:

180g filé de linguado

5g fondor

20g manteiga

 

Do molho bisque:

50 ml saquê mirim

50g cebola

100 ml caldo de peixe

100g creme de leite

10g manteiga

1g sal

1g pimenta-do-reino

 

Da galette de batata:

240g batata

1g sal

2g togarashi (pimenta japonesa)

10g manteiga

50g gorgonzola.

 

Da minissalada de rúcula:

20g rúcula

1 ml azeite de oliva

 

Modo de preparo:

Do filé de linguado: Temperar o filé de linguado com fondor, grelhar na manteiga e reservá-lo.

Do molho: Utilizar a mesma frigideira onde o peixe foi grelhado para refogar a cebola picada. Deglaciar com saquê e, após evaporar o álcool, adicionar o caldo de peixe e deixar reduzir. Em seguida, acrescentar o creme de leite, sal e pimenta.

Da galette de batata: Ralar a batata crua no ralo grosso e temperar com a pimenta e sal. Aquecer uma frigideira em fogo baixo, derretendo a manteiga. Após, adicionar a batata espalhando-a uniformemente pela frigideira, como uma “massa de panqueca”. Deixar grelhar em fogo baixo por 4 minutos e, em seguida, virá-la para grelhar o outro lado. Rechear com queijo gorgonzola e enrolá-la como uma panqueca.

Da minissalada de rúcula: Higienizar as folhas de rúcula e servir como acompanhamento.

Postado por Melissa Becker, Redação ZH

Muito prazer, André Cieslak!

25 de abril de 2009 1

Na Zona Sul, temos um árbitro da CBF e um grande empreendedor da sáude e da beleza

Nome: André Cieslak

Data de nascimento: 24 de dezembro de 1974

Estado civil: casado

Filhos: uma filha

Atividades: professor de Educação Física há 14 anos, formado pela Universidade de Passo Fundo (UPF), pós-graduado pela UFRGS em treinamento desportivo, árbitro da Federação Gaúcha de Futebol (FGF) há 11 anos, personal trainer há 14 anos, administrador da academia Cristal Fitness Center – unidade Nacional, há 6 anos, e unidade Otto, há sete meses. Em abril, passei a ser mais um integrante do quadro nacional de árbitros, da CBF.

Carmencita Hessel, Conselho de Blogueiros

1. Um domingo perfeito? Junto a toda a família.

2. Um hábito? Lavar as mãos sempre que entrar em casa.

3. Livros? O Código Da Vinci e O Segredo da Vitória.

4. Superstição? Medo de quê? Superstição de acordar e agradecer por mais um dia. Medo, acho que não tenho. Até 12 anos, eu era muito tímido, tinha medo de ler em voz alta na escola, escrever no quadro, até quando resolvi encarar a vida e não ter medo de mais nada, encarar desafios, mas sempre com cautela.

5. Infância e adolescência? Muito boa, sempre junto a minha família no interior. Jogava bola, pescava em rios e em barragem, andava de pés descalços, andava de carrinho de rolimã. Com certeza, a melhor infância e adolescência que minha família pôde me proporcionar.

6. Um gosto estranho? Caqui liga.

7. Não abre mão de quê? Correr três vezes por semana.

8. Teu maior defeito? Cobrar demais dos funcionários em relação ao atendimento dos clientes.

9. Tua grande qualidade? Ser responsável.

10. Vizinhos? Tenho pouco contato com meus vizinhos, pois acordo cedo para trabalhar e volto para casa muito tarde, e, aos finais de semana, apito jogos. Por isto, tenho pouco contato com eles.

11. O que mais gosta da Zona Sul? Adoro o Calçadão de Ipanema. A qualidade de vida daqui parece com o Interior.

12. O que é a Zona Sul para ti? Hoje é tudo, um lugar para viver feliz com minha família.

13. O que gostaria que a Zona Sul não perdesse? Gostaria que a Zona Sul não perdesse este clima de Interior.

14. O que gostaria que a Zona Sul tivesse que ainda não tem? Um hospital grande, para atender as pessoas que moram aqui.

Postado por Carmencita Hessel, Conselho de Blogueiros

Atrações nos clubes

25 de abril de 2009 0

Expositores terão opções de presentes/Ricardo Pedebos, Veleiros do Sul, Divulgação

O Veleiros do Sul realiza hoje e amanhã o Bazar do Dia das Mães. Estarão presentes 32 expositores que oferecerão uma boa variedade de opções para presentes. A abertura será no sábado, ao meio-dia.

Joias, bijuterias, artesanato em geral, roupas e peças de decoração estão entre os itens que serão comercializados. O evento também contará com uma ilha de massagem e bar.

O Bazar das Mães funcionará do meio-dia às 19h, no hangar 1 do clube.

 

* * *

 

Na AABB, as atrações serão para a criançada - hoje é o Dia do Brinquedo. Das 15h às 19h, haverá muitas atividades dedicadas ao público infantil. Além dos brinquedos infláveis, os pequenos poderão curtir o recanto infantil, jogos e brincadeiras recreativas.

O Dia do Brinquedo é aberto à comunidade. Associados devem levar um litro de leite. Para não-associados, a entrada custa R$ 3. Serão aceitas doações de brinquedos em bom estado.

Postado por Melissa Becker, Redação ZH

Alagamentos na região em pauta no CCD

24 de abril de 2009 2

Moradores da Tristeza já tiveram prejuízos com alagamentos

Presidente do Centro Comunitário de Desenvolvimento da Tristeza, Pedra Redonda, Vilas Conceição e Assunção (CCD), Maria Angela Pellin convida moradores da Zona Sul a conversar sobre alagamentos provocados por temporais, que levam água misturada com esgoto para dentro das casas e provocam danos, como na foto acima. Confira:

 

Convido a todos a participarem da reunião com a comunidade, a se realizar amanhã, dia 25 de abril, às 10h, na Rua Landell de Moura, 430, bairro Tristeza, para tratar dos grandes problemas causados pela invasão de esgotos até dois metros de altura, nas nossas residências quando chove, por falta de redes de esgotos adequadas. A situação está extremamente difícil, pois estamos perdendo os pertences que adquirimos com tanto sacrifício.”

Maria Angela Pellin

Postado por Melissa Becker, Redação ZH

Malhação em Ipanema

23 de abril de 2009 7

Barras instaladas na orla ajudam moradores a manter hábitos saudáveis

Falta de tempo e dinheiro não é mais desculpa para não fazer uma atividade física.

Você encontra na praia de Ipanema uma verdadeira academia ao ar livre.

Aberta 24 horas por dia, sete dias da semana e, ainda por cima, a entrada é franca. Você não gasta nadinha para ficar com o corpinho enxuto.

O calçadão é perfeito para quem quiser caminhar ou correr ou ainda andar de bicicleta, pois existe uma ciclovia para isso.

Os moradores da região já aderiram ao hábito.

Quer coisa melhor do que começar o dia cedinho andando pelo calçadão e apreciando a bela vista do Guaíba?

Ou sair à tardinha para dar uma corrida aproveitando a brisa gostosa que vem do rio, e de quebra tendo como cenário o famoso pôr-do-sol do Guaíba?

Até uma paradinha para “puxar ferro” você pode dar, pois tem barras e até aparelho para abdominal dando sopa no calçadão de Ipanema.

Ou seja, na Zona Sul, só não malha quem não quer.

Uma vida mais saudável está a sua disposição!

E aí? Vai ficar esperando o próximo verão para começar?

Postado por Sabrina Jung, Conselho de Blogueiros

Sem calçada para passar

22 de abril de 2009 35

Pedestres disputam caminho com carros e ônibus

Curiosamente, caminhando pelo bairro Assunção, deparo com uma situação inusitada: em uma parte da rua não há calçada, e, todos que por ali passam, devem disputar caminho com carros e também com coletivos, pois, próximo do lugar, há uma parada de ônibus.

Segundo alguns moradores do bairro, o espaço que serviria para a calçada foi cedido ao dono da casa próxima, por ela possuir uma árvore já antiga. Se esse for realmente o motivo, como as pessoas ficam? Elas disputam o lugar com carros e ônibus?

Qual é a sua opinião sobre o assunto?

Postado por Morgana Gualdi Laux, Conselho de Blogueiros

Livros para a gurizada

21 de abril de 2009 2

Comunidade poderá doar livros nos pontos de coleta/Adriana Franciosi, Banco de Dados, 24/10/2007

Até o dia 4 de maio, livros literários e infantis estão sendo arrecadados em uma campanha lançada pelo Consórcio Sistema Transportador Sul (STS). A comunidade poderá deixar as publicações nas caixas coletoras fixadas nas linhas 178 – Praia de Belas e 177 – Menino Deus e no Posto 3 de Passagem Escolar (Rua Teresa Cristo, 115, bairro Tristeza).

Os livros serão doados à escolas da zona sul de Porto Alegre.

Postado por Melissa Becker, Redação ZH

Uma avó ultra

20 de abril de 2009 11


A Academia La Femme – que ficava no prédio fotografado pelo meu colega de blog Ademir Fernandes Gonçalves para um post publicado de 13 de fevereiro – foi o primeiro centro de ginástica da Zona Sul.

Esse local virou ponto de referência das meninas, para manter a forma, e dos garotos, que passavam em frente “só para ver as gurias malhando no vitrinão”, como disse o Marcelo Gomes, num comentário.

Com o fechamento, as ruas ganharam mais uma flor, que caminha diariamente e atende pelo nome de Ilza Mânica (foto ao lado).

Bonita e simpática, a mãe do Roberto e da Jaque – que viraram passarinhos com asas e as usaram – e casada com Werner Sudbrack há quase duas décadas, vivem em harmonia cuidando um do outro, e aos dois companheiros: um canário belga e a labradora Luma.

Diferentemente de algumas pessoas que, infelizmente não podemos ser amigos próximos, a minha vizinha Ilza não está na lista.

Não pensem que a avó da Gabriela e do José Otávio é moderna.

Não. Ela é ultra!

Como assim? É que, como todos os avós dos dias atuais, ela também se exercita, cuida com rigor da alimentação, da saúde, vai ao banco, faz compras no supermercado, frequenta cursos e palestras. Só que, além de todas essas qualidades, percebo que mantém valores como a gentileza e a educação.

Então, coloco abaixo a história da Academia La Femme, escrita por ela mesma:

“A Academia La Femme foi fundada em primeiro de outubro de 1979, pela professora de ginástica Ilza Mânica, que se manteve sempre à frente de sua direção.

Foi a primeira academia de ginástica a instalar-se na Zona Sul, operando sempre no mesmo endereço – esquina da Wenceslau Escobar com Dr. Barcelos – durante 29 anos.

Neste período, grande parte dos moradores da Zona Sul, incluindo pessoas que se destacam na área publicitária, política e esportiva, passaram por suas salas de ginástica, musculação, lutas e danças, constituindo-se a La Femme, ponto de referência no bairro Tristeza.

Em 30 de junho de 2008, a professora Ilza Mânica entendeu que era hora de encerrar as atividades da academia.

Hoje, o prédio funciona com outras atividades, mas o nome ficou tão conhecido e tão forte, que muitos ainda se referem como, `a esquina da La Femme`.

Postado por Maria Valéria Schneider, Conselho de Blogueiros