Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Circo pelo desenvolvimento social

18 de outubro de 2010 0

Texto e foto enviados por Angela Ponsi

O artista circense Alexsandro Garga, da companhia de circo e produção de espetáculos Garganimações, investe em projetos sociais na Zona Sul. Atualmente, Garga – morador do bairro Camaquã – desenvolve um trabalho sociocultural voluntário voltado a crianças e adolescentes, residentes na comunidade do Jardim Camaquã, nas instalações da Associação Comunitária Jardim Camaquã, gentilmente cedida pela presidência da instituição para a formação de jovens artistas circenses.

O projeto em tela iniciou em junho de 2010 e está inserido no Programa de Desenvolvimento Sociocultural Garga Comunidade, que tem entre seus objetivos principais o crescimento pessoal e a inclusão social de jovens moradores das comunidades locais, por meio da formação lúdica, da promoção educativa e do despertar do potencial criativo dentro do universo artístico e cultural do circo contemporâneo. Contando com a ajuda de uma equipe multidisciplinar de artistas e educadores, fiéis voluntários do projeto, Garga ministra oficinas e workshops voltados ao desenvolvimento de habilidades circenses, promovendo a integração entre diferentes linguagens artísticas, como música, dança, teatro e artes visuais em geral.

O trabalho mantido pelo grupo proporciona o resgate da milenar arte circense como meio de promover a melhoria da qualidade de vida individual e coletiva de comunidades em situação de risco social, caracterizando-se como uma forma de expressão popular de grande importância cultural para a sociedade. As atividades recreativas e artísticas propostas, aliadas a intervenções de cunho pedagógico, proporcionam o desenvolvimento integral, a melhora da autoestima e a promoção da cidadania de jovens e adultos, facilitando a convivência harmoniosa entre grupos diferentes, incentivando movimentos comunitários e a participação popular.

O programa promove ações sociaisculturais e manifestações artísticas articuladas com outros setores da sociedade, recebendo o apoio de organismos do governo, empresários locais e organizações não governamentais, criando parcerias e eixos de atuação na Zona Sul. Destaque importante para a Confeitaria Armelin, que tem apoiado os eventos e apresentações artísticas fornecendo alimentação e brindes.

A Associação Comunitária Jardim Camaquã expõe um histórico de importantes conquistas junto aos órgão públicos, através da mobilização comunitária para a regularização habitacional e pela urbanização da área ocupada, onde vivem centenas de famílias, que esperam do governo um programa eficaz de regularização fundiária.

Na noite de 6 de outubro, o talentoso grupo de participantes da Oficina de Artes Circenses apresentou-se para familiares, amigos, parceiros e representantes de outras ONGs, encenando um belíssimo espetáculo circense. As oficinas são gratuitas e estão abertas para crianças e adolescentes de nove a 18 anos. Convém lembrar que as oficinas ocorrem após o horário das aulas, e somente são aceitos os alunos com boas notas na escola.

Oficinas de Circo - Programa Garga Comunidade

Onde: Associação Comunitária Jardim Camaquã (Rua Professor Dr. João Pitta Pinheiro filho, 701)

Quando: De terça a sexta-feira, das 18h às 21h30min. Nas quintas, também das 10h ao meio-dia e das 15h das 17h

Responsável: Alexsandro Garga – Garganimações

Telefone: 9683-8544

Envie seu Comentário