Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Como foi o Carnaval na Cel. Massot

17 de março de 2011 1

Texto e fotos enviados por Eleonora Spinato, do Ponto de Cultura Assunção

No dia 12 deste mês, rolou samba na Cel. Massot. De todos os cantos, chegaram foliões com suas fantasias e adereços ou simplesmente com suas camisetas e a alegria. Crianças, adultos, idosos postaram-se ao longo da avenida no bairro Cristal. No início, mais tímidos, aplaudindo a Vila do Campinho e ensaiando alguns passos. A alegria explodiu com a entrada do Bloco Afrosul -Odomodê, com as crianças à frente. Blocos como Beija-Flor/Amavitron, Fundo de Cristal e a Vida Continua mostraram a diversidade do Carnaval. Casa de Nazaré e Unidos da São Gabriel acompanharam todos os blocos com as crianças mantendo o ritmo e garantindo a festa.

O Bloco To No Ponto, ao som de fogos e do refrão Eu Tô Maluco, Eu Tô Feliz, Eu Tô no Ponto, entrou na avenida tazendo a boneca Elisete, criação da Escola Especial Elyseu Paglioli, parceira no Projeto Bolsa Escola Viva com o Ponto de Cultura Assunção. O bloco trouxe uma ala de convidados: a Unidos da São Gabriel e a Associação Sargento Raimundo Correa Garcia. Todos cantavam “a Bororó vai explodir fazendo samba pra você curtir“. Seu Paulo e Dona Cléa, moradores da Cel. Massot, levaram suas cadeiras para, acomodados, assistirem a tribo Os Guainazes passar.

Em seguida, o público entendeu ao recado do caminhão de som e saiu a sambar, recepcionando a Escola União da Cohab Cavalhada. Às 22h, ao som dos tamborins, com a batida dos surdos e o samba no pé da comunidade, o Carnaval Comunitário, realizado pela Coordenação de Descentralização da Cultura, prometeu voltar o ano que vem. Dona Maria recolheu sua cadeira e comentou:

-  Tínhamos de ter mais atividades assim. Isso une a comunidade.Vou dormir mais feliz.

Comentários (1)

  • Ricardo diz: 17 de março de 2011

    Engraçado, quem organizou o carnaval foi a associação da assunção, e vieram fazer no cristal? Provavelmente na assunção não deixaram fazer essa bagunça…Só trouxe Transtorno para os moradores da rua…

    É assim o Brasil né..com tanta coisa importante pra fazer, a maioria so se importa com a festa..a Rua em questao( que moro há 25 anos) estava há cerca de 4 meses sem serviço de capinagem, um dia antes do carnaval foi limpa…

Envie seu Comentário