Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts do dia 3 maio 2012

Paseo Zona Sul se transformará em SPA para mães

03 de maio de 2012 0

Neste fim de semana dos dias 5 e 6 de maio, o Paseo Zona Sul se transformará em um SPA para as mães. A ação, gratuita e aberta ao público, contará com serviços de beleza e bem estar.
Tendas estarão espalhadas pelo shopping oferecendo tratamentos, realizados pelo Spa Santo Dia, de reflexologia, massagem facial com lifting, champi massage e escalda-pés terapêutico.
Além dessas atrações, os profissionais também vão instruir as mães com dicas de alongamento que podem ser realizados em qualquer momento do dia e que trazem benefícios como redução das tensões musculares, relaxamento corporal e prevenção de lesões.

SERVIÇO
O que: Spa Dia das Mães Paseo
Quando: 5 e 6 de maio, das 10h às 20h
Onde: Paseo Zona Sul (Wenceslau Escobar, 1.823, Tristeza)
Quanto: gratuito e aberto ao público
Mais informações: www.paseozonasul.com.br

A Festa dos Jornalistas

03 de maio de 2012 2

Foto: FOTOTECA SIOMA BREITMAN, MUSEU JOAQUIM JOSÉ FELIZARDO




Foto: FOTOTECA SIOMA BREITMAN, MUSEU JOAQUIM JOSÉ FELIZARDO













O texto abaixo foi enviado pela blogueira do ZH Zona Sul e historiadora Janete Rocha Machado.

Em pesquisa recente a museus e arquivos  de Porto Alegre, deparei com registros de um local muito conhecido na década de 1930: o Balneário do Sr. Fuster. Situado na Pedra Redonda, o local atraía não só por conta dos aprazíveis cenários à beira do Guaíba, como também pelas festas oferecidas pelo proprietário, o espanhol Gaspar Fuster. Entre elas, uma se destacava, merecendo matéria nos jornais da época: a Festa dos Jornalistas.
Inspirado nas praias de Rio de Janeiro, Buenos Aires e Montevidéu, Fuster projetou o balneário, o qual oferecia também divertidas festas carnavalescas, que incluíam banda de música, banhos a fantasia, serpentina, lança perfume e aluguéis de roupas, as quais podiam ser usadas em cima do maiô. Nas imagens da Revista do Globo dos anos 1930, vê-se as casas de banho à beira do rio, locais próprios para a troca do vestuário.
A animação era geral, principalmente quando ocorria a concorrida festa em homenagem aos jornalistas da Capital. A festa marcava a abertura da temporada de veraneio e era oferecida aos profissionais de jornais e seus familiares. A convite de Fuster, os convidados se dirigiam até o arrabalde em ônibus da Carris. Com saída às 8h da Praça da Alfândega, o passeio incluía também o retorno no final do dia.
No local eram oferecidos diferentes atrações, entre elas almoço, cujo cardápio era churrasco com chope e sobremesas deliciosas. E a festa prolongava-se durante todo o dia, incluindo competições esportivas no Guaíba, como corrida, natação e saltos ornamentais. Às 16h, encerravam-se as atividades e todos retornavam ao centro da cidade.
A divulgação do evento promovido por Fuster pode ser constatado nesse anúncio, publicado em um jornal da época:
“Conforme noticiamos anteriormente, terá lugar amanhã, no Balneário Fuster, na praia da Pedra Redonda, a Festa do Jornalista, que o Sr. Gaspar Fuster, proprietário desse estabelecimento offerece annualmente à imprensa da capital, por occasião da abertura da temporada. Ainda está bem vivo na memoria de todos o brilhantismo de que se revestiu a festa do anno findo, à qual compareceram não só os que mourejam na imprensa, como elevado numero de exmas. Famílias. A Companhia Carris, gentilmente pôz à disposição dos jornalistas um confortável auto-omnibus. Como succede por occasião de festejos desta natureza, varias confeitarias e outros estabelecimentos   fizeram valiosas offertas para a Festa do Jornalista. Ao meio-dia, em aprazível capão, será servido gordo churrasco regado a chopp. Uma afinada orchestra far-se-á ouvir durante a festa, que continuará, à tarde, com a realização de divertimentos e surprezas de toda sorte”.
Da mesma forma, posteriormente ao evento, eram veiculadas matérias sobre o acontecido:
“Como previramos, alcançou extraordinário successo a realização do Dia do Jornalista, no Balneario Fuster, de propriedade do sr. Gaspar Fuster, na Pedra Redonda. As 8 horas da manhã, na Praça da Alfandega, já era grande o numero de funccionarios das diversas seccções dos jornaes da capital que aguardavam a sahida dos autos-omnibus, gentilmente postos à disposição pela Cia. Carris. Completamente cheios, sahiram elles, às 8 rumo ao aprazível arrabalde, onde já se notava a presença de innumeras exmas, famílias. O sr. Fuster, foi incansável nos seus esforços no sentido de bem servir os rapazes da imprensa, que ficavam captivos por todas as gentilezas dispensadas.”
É Interessante destacar que tais atrações serviam, conforme os próprios “rapazes da imprensa”, para  dar visibilidade ao balneário do espanhol, pois as matérias ilustradas vinculadas nos jornais e nas revistas da época divulgavam o empreendimento, resultando em um maior fluxo de  banhistas ao local.

Fonte: Delfos _ Espaço de Documentação e Memória Cultural da PUCRS

Janete Rocha Machado

Foto atual da Pedra Redonda