Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts de janeiro 2014

Amanhã é dia de ZH Zona Sul!

30 de janeiro de 2014 0

zooooonasul Nesta edição, você confere:

— Grupo Ipanema Eu Moro, Eu Cuido lança campanha educativa para conter o excesso de barulho na orla do Guaíba

— Projetos da Ambi e do CCD de criar centros culturais em antigos casarões dos bairros Ipanema e Tristeza ainda não deslanchou

— Leitor repórter: DEP limpa as valas, mas não tem onde colocar resíduos no bairro Belém Novo

— Minha turma: Estudantes da Escola Municipal José Loureiro da Silva, no Cristal, participam de projeto de arte-educação na instituição

E mais! Não percam!

Shopping em clima de veraneio

25 de janeiro de 2014 0

10160147-SummerStage01_BarraShoppingSul.JPG-22_01_2014-11.33.23

O projeto Summer Stage BarraShoppingSul vai movimentar as tardes de quem ficou longe da praia neste verão. A iniciativa promove, a partir de sexta-feira, atividades esportivas gratuitas no estacionamento do centro de compras. O espaço é inspirado no que as principais capitais litorâneas do mundo têm de melhor. Para quem curte esportes, a dica é o espaço da Cia. Athletica — que, diariamente, irá oferecer aulas de diversas modalidades. Para quem procura só relaxar e aproveitar o pôr do sol, o Beach Lounge oferece um quiosque com cadeiras de praia e balanço.

A programação ainda traz shows musicais, DJ’s e intervenções artísticas. Neste sábado, destaque para o campeonato Just Dance 2014, o game de dança mais vendido no mundo. Já no domingo, está programada a abertura da exposição Concurso de Fotografia Aniversário de Porto Alegre, que reúne as imagens finalistas da quarta edição do prêmio — uma parceria entre Fnac e Câmara Viajante — expostas na forma de varal. O show da banda Marmota Jazz encerrará a agenda do dia.

Agende-se

Sexta-feira
16h — Aula de hoopping (kangoo jump)
17h — Aula de alongamento
18h — Corrida na orla
19h — Aula de power ABS
20h — Aula de alongamento

Sábado
Das 15h às 18h — Campeonato de game Just Dance 2014
16h — Aula de iôga (relaxamento e meditação)
19h — Aula iôga clássica (alongamento com consciência respiratória e asanas)

Domingo
14h — Abertura da exposição Concurso de Fotografia Aniversário de Porto Alegre
19h — Show da banda Marmota Jazz

Resoluções para 2014

24 de janeiro de 2014 0

Já se foi 2013, e o final do primeiro mês de 2014 se aproxima. Passado o período de recesso de fim de ano e de organização das metas para o ano que começou, ZH Zona Sul conversou com as associações de bairros da região. Na pauta, as prioridades e expectativas para os próximos 11 meses. Confira o que disseram os representantes da Acomajaca, Comcav, CCD, Ambi, Ascomjiza, Associação dos Moradores do Sétimo Céu e Acomazs* e saiba como participar das ações no seu bairro.

Associação Comunitária Vila Jardim Camaquã (Acomojaca)
Neste ano, a Acomojaca segue com as prioridades estabelecidas em 2013 e já votadas no último Orçamento Participativo. A primeira delas é a pavimentação da Rua Jardim Violeta. Já a segunda trata sobre a regularização de toda a área do Jardim Camaquã. Conforme o presidente, Volni Lopes da Rocha, como nenhuma das medidas evoluíram no ano passado, a associação segue buscando as melhorias junto à prefeitura.
Como participar: Em fevereiro, a associação irá retomar as reuniões semanais, que ocorrem todas as terças-feiras na própria sede (Rua Professor Doutor João Pitta Pinheiro Filho, 715), a partir das 19h30min. Para mais informações, 3242-3774.

Conselho Comunitário do Bairro Cavalhada (Comcav)
A meta do Comcav em 2014 será o desenvolvimento de um telecentro para a comunidade do bairro Cavalhada. A presidência busca junto a empresas privadas a doação de computadores que deverão ser instalados em uma sala reformada da associação. Conforme o projeto, voluntários deverão ministrar aulas e cursos de informática para crianças e adultos da região. A expectativa é que, até março, o espaço esteja concluído. Fora a iniciativa, o Comcav segue à frente do Centro Social da Criança, que oferece creche para os pequenos de seis meses a seis anos, além de aulas de balé e apoio psicopedagógico.
Como participar: Voluntários são bem-vindos para auxiliar nos serviços voltados a crianças e ao novo centro de informática. As reuniões são organizadas conforme as demandas do grupo. A sede fica na Rua Augusto Conte, 80, e o telefone do local é 3247-1937.

Centro Comunitário de Desenvolvimento da Tristeza, Pedra Redonda, Vilas Conceição e Assunção (CCD)
Em relação aos projetos desenvolvidos pelo CCD junto à comunidade, dois seguem sendo prioridade. O primeiro é a revitalização do Parque Tristezense, que deverá contar com pista de caminhadas, campo de futebol sete, equipamentos de ginástica e recuperação das calçadas. O segundo trata sobre a concretização do Centro Cultural Zona Sul, na antiga casa dos  Artesanatos Guarisse, na Rua Landel de Moura. No final de 2013, foram retomadas as negociações com o governo do Estado.
Como participar: O CCD realiza reuniões mensais nas terceiras quintas-feiras de cada mês, na sede da associação (Rua Landel de Moura, 430), às 19h30min. Os moradores interessados podem entrar em contato pelo telefone 9326-2425, pelo e-mail cddtristeza@gmail.com ou pela página no Facebook, no link facebook.com/ccdtristeza.

Associação de Moradores do Bairro Ipanema (Ambi)
Para 2014, a prioridade da Ambi será a criação de um centro cultural em Ipanema no antigo casarão do Comendador Castro. O projeto transformaria a casa, hoje em situação de abandono, no palco para apresentações artísitcas, oficinas de artesanato e seminários para a comunidade sobre temas como segurança e limpeza, além de estabelecer um convênio para que os colégios do bairro também usufruam da estrutura. Outros planos dizem respeito à construção da sede da associação _ o que deve começar em abril _ e a instalação de câmeras de monitoramento no bairro.
Como participar: A associação realiza reuniões mensais nas primeiras segundas-feiras de cada mês. Os encontros ocorrem às 19h30min, normalmente no Ipanema Sports (Avenida Coronel Marcos, 2353). Moradores interessados podem contatar os membros da Ambi pelo e-mail ambi.poa@gmail.com ou pelo telefone 8130-8305.

Associação Comunitária Jardim Isabel (Ascomjiza)
“A nossa prioridade é a segurança no bairro, porque o problema da insegurança é muito grande”, afirma o presidente da associação, Luiz Antônio Azevedo. O projeto que é uma das metas do grupo para este ano, já aprovado pelo conselho em 2013, é a contratação de viaturas de empresas de segurança particulares que façam rondas pelo bairro 24 horas por dia. A ideia é que sejam mantidas três viaturas permanentes. Neste momento, a associação faz o contato com a comunidade para checar o número de moradores interessados.
Como participar: Encontros são realizados sempre nas primeiras terças-feiras de cada mês, com primeira chamada às 20h, na sede da associação (Rua Morano Calabro, 499). Até o mês de março, as reuniões estão suspensas em função do recesso de férias. Para mais informações, 2103-9830.

Associação dos Moradores do Sétimo Céu
O grupo de moradores segue com foco nos cuidados da Praça Tito Tajes, localizada na esquina da Avenida Wenceslau Escobar com a Rua Professor Xavier Simões. Além disso, a ideia é manter a relação com o poder público para reivindicar melhorias para a região em áreas como iluminação, limpeza e capina. Para 2014, a associação deve chamar a atenção da população, ainda, para as condições do Morro do Osso, onde existem moradias irregulares.
Como participar: A associação realiza encontros conforme as demandas. As atividades podem ser acompanhadas pelo site  ong.portoweb.com.br/amsc, e mais informações pelo telefone 3268-5837.

Associação Comunitária dos Moradores e Amigos da Zona Sul (Acomazs)
O presidente da Acomazs, José Paulo de Oliveira Barros, afirma que a prioridade para 2014 será a aquisição de uma sede própria para a associação. Além disso, a ideia é continuar trabalhando na busca da garantia dos direitos da comunidade, cobrando do poder público ações como a revitalização do Parque Zeno Simon e a implantação de creche no Morro dos Sargentos.
Como participar: A associação organiza reuniões mensais, sem datas específicas, que costumam ocorrer no salão paroquial da Igreja Santa Rita do Guarujá (Rua Jacundá, 345). Para mais informações, contate o presidente pelo telefone 9506-4679 ou pelo e-mail josepaulobarros@gmail.com.

*ZH Zona Sul entrou em contato com a Associação de Moradores da Vila Hípica Cristal (Amovhic), mas não obteve retorno.

Amanhã é dia de ZH Zona Sul!

23 de janeiro de 2014 0

 

zonasul

Nesta edição, você confere:

— Resoluções para 2014: associações de bairros da região contam os planos e expectativas para este ano

— A orla esquecida: nos bairros Espírito Santo e Guarujá, moradores encontram cenário pouco organizado e sem infraestrutura adequada ao lazer

— Gastronomia: Restaurante Bamboo traz o sabor da comida oriental ao BarraShoppingSul

— Trampolim para os bandidos: Parada de ônibus próxima a muro preocupa morador

E mais! Não percam!

Centro Cultural Zona Sul abre as portas para ensaio de espetáculo

21 de janeiro de 2014 0

9444421-CasarãoeBM 025.jpg-04_06_2013-13.08.02

Nesta quarta-feira, 22, a partir das 21h, o casarão que abrigou por anos a fábrica dos Artesanatos Guarisse e, posteriormente, o Fórum da Tristeza, abrirá as portas para um ensaio aberto ao público. O espetáculo de sombras Leviatã, o Processo — apresentado durante a Bienal — fará o ensaio a partir das 21h no prédio desocupado da Rua Landel de Moura, 430.

A iniciativa integra o projeto do Centro Comunitário de Desenvolvimento da Tristeza, Pedra Redonda, Vilas Conceição e Assunção (CCD) de transformar o local em um espaço cultural. Nos outros dois prédios do terreno, funciona a sede da associação e da 1ª Região do Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG). Todos os moradores estão convidados para prestigiar o evento!

Leviatã, o processo (Ficha técnica)

Nova imagem

Direção: Maíra Coelho
Roteiro e dramaturgia: Daniel Galera
Arte: Magda Gebhardt
Manipulação: Tomas Edson Silveira e Patricia Preiss
Direção musical: Marcelo Birck
Iluminação: Carol Zimmer
Produção: Gabriela Silva

Oficina para a criançada na AABB

20 de janeiro de 2014 0

A criatividade é algo que deve ser alimentado durante a infância, desde cedo. Pensando nisso, a AABB promoverá, no dia 25 de janeiro, a oficina brincando com feltro artesanal, na Sala Morro do Osso.

A atividade será desenvolvida para a criançada a partir das 15h. O valor para associados é de R$ 10 e, para não associados, R$ 20. As vagas são limitadas, e as inscrições podem ser realizadas na Biblioteca Eduardo Haute.

Praça Benjamin Baptista Magalhães em pleno abandono

20 de janeiro de 2014 0

balanços
Bruna Porciúncula | bruna.porciuncula@zerohora.com.br

O morador percebe o carro da reportagem, reduz a velocidade do veículo que conduz e sentencia: “ Faz tempo que essa praça está deste jeito. Quem vai levar criança em um lugar assim?”.  A indignação se referia à Praça Benjamin Baptista de Magalhães, na Rua Ladislau Neto, em Ipanema. O local, que oferece sombra em abundância e fica pertinho da orla do Guaíba, é o retrato do abandono.  A quadra de esportes está tomada pelo mato, e a tela que a cerca está totalmente destruída. À noite, o cercamento pode nem ser percebido por quem se aventurar a cruzar a área.

A pracinha é cortada pela Ladislau Neto, então, parece se tratar de duas praças distintas.
Atravessando a via, o cenário de abandono não se desfaz. O espaço dos brinquedos está pichado, com equipamentos estragados, e não há resquício de que alguma limpeza tenha sido feita por ali nos últimos dias. Moradores de rua acampam no local, e o lixo está por toda a parte.

Em junho do ano passado, depois de receber reclamações do leitor Andrey Fraga, a reportagem do ZH Zona Sul esteve no local e constatou os mesmos problemas. À época, a Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Smam) informou, por meio de sua assessoria de imprensa, que a limpeza do praça da Ladislau é feita de 45 em 45 dias e que faria uma vistoria para o encaminhamento dos consertos necessários.

Na terça- feira, a reportagem entrou em contato com a assessoria da secretaria novamente. A informação é de que será realizada uma vistoria no local na próxima semana e que a Divisão de Conservação e Manutenção avaliará as condições dos equipamentos para eventual substituição.

Projeto de anfiteatro em Ipanema desagrada a comunidade

16 de janeiro de 2014 0

O projeto que prevê a instalação de uma concha acústica na orla de Ipanema causou ruído entre os moradores do bairro sulista. Protocolada na Câmara de Vereadores no final de novembro pelo Delegado Cleiton (PDT), a iniciativa desagradou aqueles que acreditam que a estrutura da região não suportaria eventos de grande porte. Conforme a proposta do Legislativo, seriam seguidos os moldes do Anfiteatro Pôr-do-Sol, localizado às margens do Guaíba, na Avenida Edvaldo Pereira Paiva.

— Artistas e músicos da comunidade cobraram um espaço cultural, já que antigamente costumavam haver shows na orla. Músicos e poetas precisam de um local com mínima estrutura para realizar pequenos eventos aos comerciantes e moradores da região, mas jamais será algo que agrida o meio ambiente. O que se quer é algo simplório — explica Delegado Cleiton, autor da proposta e morador de Ipanema há 42 anos.

O tesoureiro da Associação de Moradores do Bairro Ipanema (Ambi), Jorge Paz Estácio, defende que a iniciativa deveria ter sido discutida com a comunidade antes de ser apresentada.

— Já discutimos o assunto há algum tempo, antes mesmo de o projeto ser protocolado. Os moradores, de um modo geral, não concordam com isso. Não temos espaço para eventos que reuniram, por exemplo, 5 mil pessoas. O que precisamos é a remodelação de casas para serem transformadas em centros culturais — aponta Estácio.

Para Waneza Vieira, uma das líderes do movimento Ipanema: Eu Moro, Eu Cuido, faltam detalhes sobre o plano.

— Ipanema já enfrenta sérios problemas em função do número de pessoas que frequenta a orla e, por isso, as pessoas não viram a ideia de um anfiteatro com bons olhos. Uma concha acústica não se aplica ao bairro pela falta de espaço — alega.

O autor da iniciativa afirma que não há a definição de um ponto para a instalação do anfiteatro, mas acrescenta que a obra poderia ser feita por meio de parceria público-privada.

Amanhã é dia de ZH Zona Sul

16 de janeiro de 2014 0

Zona Sul

Nesta edição, você confere:

— Obras da Avenida Padre Cacique devem ficar prontas em abril, dois meses antes da Copa do Mundo

— Praça Benjamin Baptista Magalhães é fonte de preocupação entre moradores de Ipanema

— Gastronomia: Natalício, um boteco arretado de bom na Zona Sul

E mais! Não percam!

Colônias de férias são opções para entreter a criançada durante o período de recesso escolar

15 de janeiro de 2014 0

Férias2

Crianças em férias e pais no trabalho: uma combinação que costuma se transformar em dor de cabeça nos meses de janeiro e fevereiro. Para driblar a incompatibilidade de horários, uma boa alternativa são as colônias de férias. Na Zona Sul, os quatro principais clubes da região oferece atividades para os pequenos de segunda a sexta-feira, e não é preciso ser sócio para participar. Além de entreter os pequenos com atividades esportivas, a programação ainda desenvolve o relacionamento entre o grupo e é uma boa oportunidade para as crianças fazerem novos amigos. Confira a agenda dos clubes e escolha o que mais se encaixa no perfil da sua família.

AABB (Avenida Coronel Marcos, 1.000, Ipanema)
As atividades da AABB Kids começaram na última segunda-feira e se estendem até 7 de fevereiro. Somente no primeiro dia, 60 crianças aproveitaram as atividades como judô, capoeira e piscina. A colônia de férias aceita crianças dos quatro aos 12 anos e funciona de segunda a quinta-feira, das 13h30min às 18h30min. A programação inclui gincanas e brincadeiras na piscina, e, às sextas-feiras, são organizados passeios pagos separadamente para locais como Quinta da Estância, Parque das Águas e Sítio São Luiz. Abertas para associados e a comunidade em geral, as inscrições podem ser feitas na central de relacionamento do clube. Mais informações pelo telefone 3243-1032.

Clube dos Jangadeiros (Rua Ernesto Paiva, 139, Tristeza)
Neste ano, o Jangadinha _ a colônia de férias do Clube dos Jangadeiros _ tem lugar reservado para jogos, brincadeiras, passeios pelo Guaíba e noções de vela. As atividades começam na próxima segunda-feira, 13, e serão realizadas das 13h30min às 18h30min. As inscrições estão abertas para crianças de quatro a sete anos, e não é necessário ser sócio para participar.  Mais informações pelo e-mail escoladevela@jangadeiros.com.br ou pelo telefone 3094-5770.

Clube do Professor Gaúcho (Avenida Guaíba, 12.060, Ipanema)
A colônia de férias do Clube do Professor Gaúcha começou na terça-feira, 7, e segue até 21 de fevereiro. Atividades aquáticas, caça do tesouro, recreação e a prática de esportes, como basquete, ginástica, futebol, dança e vôlei, estão programadas. Mais informações e inscrições para sócios e não-sócios pelo telefone 3248-5710 ou pelo e-mail esportes@cpg.com.br. São aceitas crianças das quatro aos 12 anos.

Veleiros do Sul (Avenida Guaíba, 2.941, Vila Assunção)
Até o dia 14 de fevereiro, sempre de segunda a sexta-feira, as crianças de cinco a 12 anos estão convidadas para fazer parte das atividades do Veleiros do Sul. Caminhadas ecológicas, trilhas, passeios de bote, pescarias, slackline, rampa de sabão, banhos de piscina e arvorismo estão entre as atrações previstas, que serão comandadas pelo professor Mauro Ferreira. Aulas de vela e atividades educacionais sobre meio ambiente e náutica também não ficarão de fora. A colônia funciona das 9h às 18h e está aberta para sócios e não-sócios, com almoço e lanche incluídos. Inscrições devem ser feitas na Escola de Vela Minuano pelo e-mail evm@vds.com.br ou pelo telefone 3265-1733, ramal 4.

Entrega do posto de saúde da Tristeza está prevista para fevereiro

14 de janeiro de 2014 0

Posto

Débora Ely | debora.ely@zerohora.com.br

Já somam-se seis meses de obras na Unidade Básica de Saúde Tristeza, mas pelo menos outros 35 dias ainda serão necessários para a conclusão da reforma. Iniciado em julho, o serviço estava previsto para ser entregue em dezembro — o que não foi possível devido a intempéries do projeto classificadas como normais pela Secretaria Municipal da Saúde (SMS). Com o atraso, a entrega do posto à comunidade tem uma nova data marcada: 15 de fevereiro.

Enquanto o dia não chega, o atendimento clínico geral, ginecológico e pediátrico ocorre em um salão aos fundos da Igreja Nossa Senhora das Graças. Cedido pela paróquia temporariamente à SMS, o espaço funciona de maneira improvisada. Em função das dimensões reduzidas, pacientes que necessitam de curativos grandes são encaminhados para outras unidades da Zona Sul. Além disso, a constante temperatura acima dos 30ºC nas últimas semanas se transformou em um martírio a mais aos frequentadores e funcionários, já que a área cedida não possui sistema de refrigeração.

— Não temos como colocar dinheiro público em um gasto desnecessário que não será permanente, instalando aparelhos de ar condicionado e fazendo uma reforma em um local que está sendo usado apenas por um período curto. É um ônus que se tem para que, posteriormente, se tenha um ganho permanente — justifica o secretário da Saúde de Porto Alegre, Carlos Henrique Casartelli.

Com atendimento médio de 500 pessoas por dia, a UBS Tristeza abrange uma população de 28 mil moradores dos bairros Tristeza, Camaquã, Cristal, Vila Conceição, Sétimo Céu, Assunção e proximidades de Ipanema. Para a comunidade, as melhorias na casa que abriga a unidade _ que sofria com infiltrações e problemas elétricos — se tornaram prioridade há anos. Hoje, é o atraso que preocupa.

— O atendimento está em condições precárias pela falta de espaço. O posto de saúde foi adaptado para a sala de reuniões da igreja, mas eu, por exemplo, tinha uma consulta marcada e fui atendida normalmente. O que noto na obra é um desperdício de material. Fico indignada porque é o nosso dinheiro que está ali, e parece que ninguém fiscaliza — protesta a comerciante Deisi Teixeira Oliveira, 67 anos.

Integrante de uma comissão que acompanha o andamento da obra, a aposentada Delta Borges Henriques, 86 anos, também cobra agilidade:

— O posto improvisado até que está muito bem, mas o improviso não adianta. É preciso voltar para a sede. Já que a reforma é tão urgente, deveria haver mais pressa na obra. Foi sugerido que se alugasse uma casa para o atendimento durante o fechamento, mas, para mim, deveria ter sido procurado um novo terreno para o posto.

A previsão inicial era que a transformação na UBS Tristeza começasse em abril de 2012, mas problemas no processo licitatório adiaram a contratação de uma empresa para o serviço. À época, um dos temores da comunidade era que a unidade migrasse para a categoria Estratégia Saúde da Família (ESF), e, assim, perdesse as especialidades médicas que oferece. No entanto, a Secretaria Municipal da Saúde descarta a hipótese em razão da discordância da comunidade e das características da região.

Ambi promove ação cultural na orla

13 de janeiro de 2014 1

9996751-Casarao do Comendador Castro em 2013.jpg-25_11_2013-18.11.20

Uma proposta bem bacana está sendo organizada pela Associação dos Moradores do Bairro Ipanema (Ambi) e por um grupo de moradores da região que batalha para criar um centro cultural no antigo casarão (foto) do Comendador Castro. A ideia é fazer, em 16 de março, uma ação cultural em pleno calçadão de Ipanema para chamar a atenção dos moradores da região para a iniciativa de revitalizar o casarão.

O projeto Arte e Artista na Orla está recebendo inscrições de artistas que queiram fazer alguma atividade ou intervenção no espaço em 16 de março. Vale uma oficina, apresentar uma escultura ou criar uma roda de arte.

— É para ser algo bem multicultural — adianta Márcia Morales, uma das organizadoras.

Entre os nomes confirmados, estão a artista Arminda Lopes, a escritora Cristina Dias e a artesã Leinha Guarisse. Não é preciso morar na Zona Sul para participar, mas os interessados devem se responsabilizar por todo o material necessário para sua atividade. Os organizadores ainda estão negociando com donos de restaurantes e bares da orla para garantir descontos aos participantes.

— A ideia é mostrar para quem vive e frequenta Ipanema o que poderão encontrar futuramente se tivermos um centro cultural — diz Márcia.

Saiba mais

— O artista ou grupo que quiser participar da ação cultural deverá se inscrever gratuitamente pelo e-mail marcia_ms@msn.com ou pelo telefone 3258-5496, até o primeiro dia útil anterior à data do evento

— O artista inscrito deverá participar da exposição do início ao fim, ficando impedido de se retirar do local antes do término do evento, salvo casos especiais

— A localização da obra na orla de Ipanema ficará a critério do próprio expositor, que deverá respeitar os espaços destinados a circulação de pessoas a pé, em bicicletas e veículos automotores

— Transporte e cuidados com a obra são de responsabilidade do artista. O artista inscrito poderá levar alimentação e cadeira própria, mas haverá a possibilidade de descontos para os inscritos nos restaurantes da orla, cuja listagem será fornecida no local, no dia do evento

— Em caso de mau tempo, o evento será transferido

Barra recebe feira de livros infantis

09 de janeiro de 2014 0

BookLoversKids

O BarraShoppingSul vai sediar um evento bem legal para a criançada e para os pais que querem incentivar a leitura entre os pequenos. A partir deste sábado, 11 de janeiro, o centro de compras recebe a primeira edição da Book Lovers Kids.
A feira de livros oferece mais de três mil títulos de obras infantis e infanto-juvenil com condições especiais, além de uma programação que inclui rodas de leitura, brincadeiras de narrativas de histórias e shows de música.
Para inspirar ainda mais o amor pelos livros, de quinta a domingo a Book Lovers Kid fará rodas de leitura e brincadeiras das 16h às 21h. Nos finais de semana, haverá apresentações especiais e gratuitas do grupo Zuando Som, de Felícia Felck e a participação da ONG Doutorzinhos.
Programe-se
Dias 11 e 18 de janeiro _ Apresentação Zuando Som
Dias 12 e 19 de janeiro e 8 e 9 de fevereiro _ Contação de histórias com Carolina Albuquerque da ONG Doutorzinhos – Projeto Viva e Deixe Viver
Dias 25 e 26 de janeiro e 1º e 2 de fevereiro _ Contação de histórias com Felícia Fleck

Serviço
O que Book Lovers Kids
Quando: de 11 de janeiro a 11 de fevereiro, das 11h às 23h
Onde: Centro de Eventos do BarraShoppingSul (Avenida Diário de Notícias, 300)
Entrada franca

Amanhã é dia de ZH Zona Sul!

02 de janeiro de 2014 0

zonasul

Nesta sexta-feira, você confere:

— Igreja mórmon inaugura ampliação de sede no bairro Espírito Santo e abre as portas à comunidade

— Descarte irregular de lixo compromete Praça Maurício Zanduchliver, no Nonoai

— Retrospectiva 2013: confira os principais fatos que marcaram a região no ano passado

— Minha turma: história da Escola Especial Elyseu Paglioli é contada em livro ilustrado pelos estudantes

Não percam!