Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts na categoria "Guaíba"

ZH Zona Sul nas bancas

28 de setembro de 2012 0

No ZH Zona Sul que circula nesta sexta-feira você confere:

Dois arroios, um mar de problemas: chuva forte provoca alagamentos e volta a trazer transtornos para moradores da Zona Sul

Conheça os vizinhos candidatos: o ZH Zona Sul enviou questionamentos aos sete candidatos à prefeitura de Porto Alegre sobre mobilidade urbana, saúde, violência e uso da orla do Guaíba.  Veja as respostas deles.

Leitor-repórter trata do barulho gerado pela passagem de veículos sobre paralelepípedos da Rua Doutor Mário Totta

Chef Felipe Melo, morador da Aberta dos Morros, parte para a Nova Zelândia em busca de novos sabores

Veleiros do Sul realiza circuito de vela no Guaíba

13 de setembro de 2012 1

Entre os dias 15 e 23 de setembro, o Veleiros do Sul realizará uma competição da Classe Oceano da vela gaúcha, o XXI do Circuito Conesul de Vela Oceano.

Com o objetivo de unir as flotilhas de oceano de toda a região sul do país e do Conesul, o Veleiros passou a realizar o campeonato batizando-o como Circuito Conesul. Disputado durante dois finais de semana, têm destaque a 42ª Regata Troféu Seival, com percurso até o farolete do Barba Negra, a 23ª Regata Troféu Farroupilha, que vai até Itapuã e 15º Velejaço Farroupilha, que encerra o circuito, e vai até a Ponta Grossa, todos com chegada próximo a Ilha do Presídio em Porto Alegre.

As regatas Troféu Seival e Troféu Farroupilha, receberam estes nomes para homenagear a Revolução Farroupilha, na qual os “lanchões” usados por Garibaldi tinham estes nomes.

Confira a programação:

_ 15/09 (sábado), 13h — Regata de percurso médio classes BRA RGS A, BRA RGS B, J24 e Microtoner 19

_ 16/09 (domingo), 13h — Duas regatas barla-sota classes BRA RGS A, BRA RGS B, J24 e Microtoner 19.

— Após as regatas, confraternização no Hangar 1 do clube com premiação simbólica das regatas do dia ao primeiro colocado de cada classe.

— 20/09 (quinta-feira), 13h — Duas regatas barla-sota classes BRA RGS A, BRA RGS B, J24 e Microtoner 19

— Após as regatas, confraternização no Hangar 1 do clube com premiação simbólica das regatas do dia ao primeiro colocado de cada classe.

— 22/09 (sábado), 11h — 42ª Regata Troféu Seival: BRA RGS A e Bico de Proa acima de 27 pés (percurso até o Farolete do Barba Negra) 23ª Regata Troféu Farroupilha: BRA RGS B (Percurso até o Cotovelo) e Classe Microtoner 19 até boia 119. 15º Velejaço Farroupilha: Classes de Cruzeiro .

— 23/09 (domingo), 17h — Coquetel de entrega de prêmios e encerramento.

Prefeitura assina convênio para operação do catamarã no Cristal

12 de setembro de 2012 0

Agora é oficial: a prefeitura assinará nesta quinta-feira o convênio com a Fundação Estadual de Planejamento Metropolitano e Regional (Metroplan), para operação do catamarã na Ilha da Pintada e no bairro Cristal.

A cerimônia será às 14h30min, no armazém B3 do Cais Mauá, no Centro Histórico, quando autoridades e imprensa participarão de um passeio de catamarã pelas futuras rotas.

Nos próximos dias, a Marinha e a Superintendência de Portos e Hidrovias devem conceder a licença de operação para o começo dos trabalhos. Já a estrutura do píer em frente ao BarraShoppingSul deve ser concluída em até 30 dias.

De acordo com o presidente da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), Vanderlei Cappellari, a expectativa é de que o transporte esteja disponível à população até o final de outubro.

Nova polêmica para a área do Estaleiro Só

06 de setembro de 2012 18

Não deve se encerrar tão cedo a questão da utilização da área do Estaleiro Só, na zona sul de Porto Alegre. A empresa proprietária do terreno terá de rever o projeto inicial, que previa uma torre de 26 andares para o local.

Além de estabelecer uma altura máxima de 22 andares para o segundo plano, a Comissão de Análise Urbanística e Gerenciamento (Cauge) da prefeitura solicitou alterações que permitam uma maior interação do projeto da BM Par Empreendimentos com a orla do Guaíba (leia matéria completa aqui).

O ZH Zona Sul quer saber a sua opinião sobre o tema. O que você acha da construção da torre comercial no espaço do Estaleiro Só? Deixe um comentário com a sua opinião, acompanhado de nome completo, e-mail e telefone para contato (os dados não serão divulgados).

Veleiros do Sul em 360°

22 de junho de 2012 2

O ZH Zona Sul preparou um passeio diferente pelo Veleiros do Sul. Na foto feita em 360°, confira a sensação de ver detalhes do clube, fundado na década de 30. Hoje, o Veleiros do Sul fica em uma área de aproximadamente 18 hectares na baía do Cristal, às margens do Guaíba.

Clique na figura e veja o especial:

Fotografia: Arivaldo Chaves

Edição: Omar Freitas

Mais um passo para revitalizar a orla do Guaíba

25 de abril de 2012 0

Divulgação/PMPA

Na manhã desta quarta-feira, foi dado mais um passo para a tão sonhada revitalização da orla do Guaíba. O projeto paisagístico e arquitetônico para um trecho de 1,5 quilômetro, situado entre a Usina do Gasômetro e as quadras adotadas pela Pepsi, foi entregue para a prefeitura. No entanto, não há previsão de término desta primeira etapa, nem estimativa de custo, informações que devem surgir com a licitação.

No total, serão revitalizados 5,9 quilômetros ao longo da orla, com recursos da prefeitura. O projeto inclui terminal turístico para barcos de passeio, calçadão, ciclovia, banheiros, quadras esportivas, instalação de bancos e quiosques.

De acordo com o prefeito de Porto Alegre, José Fortunati, a proposta entregue pelo arquiteto Taco Roorda, em nome do Escritório Jaime Lerner, será analisada por diversas secretarias, como Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Smam), Secretaria Municipal de Obras e Viação (Smov), Secretaria Municipal de Esportes, Recreação e Lazer (SME) e Secretaria Municipal da Cultura (SMC).


Andamento do projeto

16/12/2011: Foi assinado o contrato com o escritório Jaime Lerner.
06/01/2012: Arquitetos do escritório do Jaime Lerner visitaram diferentes pontos da cidade e se reuniram com representantes das secretarias. O prefeito José Fortunati se encontrou com técnicos.
30/01/2012: Fortunati esteve reunido com o arquiteto e urbanista Jaime Lerner, em Curitiba, para tratar do projeto de revitalização da orla. Na capital paranaense, o prefeito conheceu a proposta preliminar de revitalização de 1,5 mil metros iniciais.
16/02/2012: Fortunati e o arquiteto Jaime Lerner participaram de reunião da Comissão de Análise Urbanística e Gerenciamento (Cauge), para apresentação do projeto.
20/03/2012: O Estudo de Viabilidade Urbanística (EVU) para a primeira etapa foi aprovado pelo Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano Ambiental.
25/04/2012: Entrega dos projetos executivos de Arquitetura e Paisagismo.

Uma praça desconhecida

07 de fevereiro de 2012 2

Muitos moradores acham que ainda é uma área pertencente ao Departamento Municipal de Água e Esgotos (Dmae), mas a Praça Tomocaré, entre as ruas Coroados e Bororó, é pública e está sob o comando da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Smam).

A área abrigava a Associação dos Servidores do Dmae e tem campo de futebol, brinquedos, cancha e prédio, todos abandonados. A surpresa maior fica por conta da vista que o terraço da construção oferece. Subindo dois lances de escada é possível ver boa parte da Capital, incluindo os bairros Cristal e Tristeza, e, claro, o Guaíba.

Por causa do cercamento frontal, algumas pessoas acreditavam que o local era fechado ao acesso público. Hoje pela manhã, depois de um encontro entre representantes da Associação dos Moradores da Vila Assunção (Amoa) e a Smam, a revitalização da área se tornou um dos objetivos dos moradores.

Artista faz apresentação em Ipanema

22 de janeiro de 2012 0

Desde dezembro, a obra Liberdade, de Zoravia Bettiol enfeita as areias de Ipanema. A escultura faz parte do circuito de arte urbana Artemosfera.

Hoje, às 18h, a artista apresentará a performance Filomena e a Ecologia. Na ocasião, o tema ecologia é tratado com muito humor e exagero.

- A filomena diz absurdos. Por meio do riso, trato sobre ecologia – diz Zoravia.

As apresentações duram 15 minutos e serão repetidas ao longo do final da tarde. Será no calçadão de Ipanema, entre a Avenida Jardim e Rua Pirajá. Em caso de chuva será cancelada.

O encantador pôr do sol

29 de dezembro de 2011 0

A leitora Ilane Hofmann Gehrs nos presenteou com uma foto, enviada por e-mail, do pôr do sol registrado ontem em Ipanema. “É sempre um prazer sentar para ver o dia ir terminando lentamente em meio à poesia das trocas de cores, dos pássaros se recolhendo, das nuvens brincando até dormir”, escreveu Ilane.

Você também pode participar do ZH Zona Sul enviando sua contribuição para o e-mail zonasul@zerohora.com.br

Revitalização da orla está a caminho

14 de dezembro de 2011 0

Nessa sexta-feira, às 9h30min, o prefeito José Fortunati assina o contrato para revitalização da orla do Guaíba. A intervenção compreende uma extensão de 5,9 km, entre a Usina do Gasômetro e o Arroio Cavalhada, em frente ao BarraShoppingSul. O projeto será desenvolvido pela equipe do arquiteto Jaime Lerner.
O trabalho, que será feito em etapas, iniciará no trecho entre a Usina e a primeira curva da Avenida Beira-Rio, sentido Centro-bairro. Entre as melhorias estão previstas as construções de um terminal para barcos de turismo, calçadão, ciclovia, banheiros, quadras esportivas, instalação de bancos e quiosques, entre outros. A previsão é de que as obras, que serão feitas com recursos próprios do município, iniciem entre abril e maio de 2012.

Novo espaço de lazer na orla

14 de novembro de 2011 1

O leitor Luiz Pedro Borgmann nos enviou um e-mail avisando sobre uma nova obra no calçadão de Ipanema. Com ótimas fotos, ele comentava que não tinha a informação oficial, mas que ao perguntar para um dos operários que estavam sexta-feira passada no local descobriu que se tratava de uma nova área de lazer.

Fomos confirmar com a Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Smam) e realmente: Ipanema terá mais espaço para lazer! Em frente ao número 1.452 da Avenida Guaíba, estão sendo construídos um playground, uma academia da terceira idade, colocados 18 bancos com encosto, equipamentos de ginástica e área de convivência, tudo por conta da Goldsztein, que adotou a área de aproximadamente 3.600 m². Segundo a Smam a obra está prevista para ser entregue no final de novembro.

Um tesouro na região

11 de novembro de 2011 3

Na edição do ZH Zona Sul desta sexta-feira contamos na capa a história de uma âncora retirada do barco Maruí, econtrado no Guaíba há quase 50 anos. Soubemos da presença desta peça histórica no jardim da casa localizada na Avenida Guaíba, 684, por meio da nossa blogueira Janete da Rocha Machado. Confira abaixo a matéria:

Herança farroupilha retirada do Guaíba

Âncora do barco Maruí passou por museu e ferro velho antes de ser instalada em casa da Zona Sul

Há 23 anos, em 21 de setembro de 1988, Zero Hora noticiava a descoberta de uma âncora de um barco farroupilha no pátio de uma residência da Avenida Guaíba, 684. O tempo passou, mas não foi suficiente para alterar o rumo do objeto histórico. Com mais de mil quilos, a peça continua intacta no jardim da casa que hoje pertence ao arquiteto francês Robert Levy (ao lado).

– Faz mais ou menos oito anos que comprei a casa, e ela veio junto. Na época, o proprietário me mostrou a matéria do jornal e quis me vender também a âncora, mas eu disse que ele podia levá-la – conta Levy, 83 anos.

O prazo de um ano proposto pelo antigo dono para a retirada do pesado equipamento passou, e a peça segue ornamentando a antiga residência.

– Acho que enriquece a casa, é bonita – comenta Levy.

Desde a infância, a blogueira do ZH Zona Sul que sugeriu esta matéria, Janete da Rocha Machado, 47 anos, admira o valor histórico do artefato.

– Eu descia a Rua Gávea, nos anos 70, e adorava aquela casa. De tanto olhar para o jardim, vi a âncora meio escondida – relembra a historiadora.

Coincidência ou destino, Levy projetou há muitos anos a casa da família da blogueira, quando ele ainda morava no Cristal. Mais tarde, Janete o contratou para fazer o desenho da própria residência e, só mais recentemente, foi reencontrá-lo.

– Nesse tempo ele mudou-se para Ipanema e foi ser proprietário daquela que foi, no passado, a casa dos meus sonhos – relata Janete.

Âncora permanece enfeitando o jardim da casa na esquina da Guaíba com a Gávea

História contada em 1988

Na época em que a reportagem foi publicada em Zero Hora, a âncora já estava no endereço da Avenida Guaíba que abrigava, na época, a Clínica Geriátrica São Marcos. Segundo o texto, a peça foi retirada de um barco farroupilha chamado Maruí, encontrado no Guaíba na década de 1960. Outros objetos, como molinete e correntes, também foram retirados da água e doados ao Museu Júlio de Castilhos.

Os equipamentos duraram cerca de um ano no acervo, pois a instituição não tinha verbas para comprar inseticida para uma biblioteca, atacada por traças e cupins. Por isso, vendeu as peças do barco ao ferro velho dos irmãos Mollé. No estabelecimento, a âncora foi comprada por moradores da Rua Tenente Coronel Fabrício Pilar, que a levaram para a residência de Ipanema.

Confira abaixo a matéria publicada há 23 anos em Zero Hora:

(clique na imagem para ampliar)

Um dia para aproveitar Ipanema

02 de novembro de 2011 0

Mesmo com o feriado do Dia de Finados caindo em plena quarta-feira, os moradores que ficaram na Capital conseguiram curtir o belo dia de folga. Seja caminhando, andando de bicicleta ou brincando na areia, quem vai para o calçadão de Ipanema consegue aproveitar esse local privilegiado da Zona Sul.

Nosso fotógrafo Arivaldo Chaves passou lá de manhã e registrou o movimento na Avenida Guaíba. Se você não conseguiu ir no começo do dia, mas ainda pode passear neste final de tarde, esta é uma boa opção.

Registros das cores da região

27 de fevereiro de 2010 2

A leitora Roberta Hoffmann, moradora da Zona Sul, se dedica a registrar o pôr do sol na região _ e todas as variações de tons que proporciona, como na foto acima.

Pedalinhos no verão em Ipanema

22 de fevereiro de 2010 4

.

.

Nesse calorão, feliz de quem tem “uma praia pra chamar de sua”! Pode ser de mar, de rio ou até mesmo de lago, desde que esteja ali – bem pertinho – nos esperando para refrescar e descontrair!

Nos verões da década de 70, era assim que eu e minha irmã, Ana Lúcia, iniciávamos nosso passeio em Ipanema, nos domingos pela manhã: vestidos, devidamente calçados e protegidos do sol pelos bonés (à esquerda).

.

.

.A grande diversão e pretexto para nosso pai, Juarez, nos levar a Ipanema eram os passeios de pedalinho, que ficavam junto ao bar/restaurante/boate Taba. Pela numeração deles, se percebe a quantidade de pedalinhos que havia disponível para aluguel (à direita).

.

.

.

.

Não demorava muito para que o passeio de pedalinho se transformasse numa aventura e, de repente: “Homem ao mar!” Tchibum! Eu pulava na água e logo atrás vinha minha irmã. Objetivo alcançado: andar de pedalinhos, sim, mas tomar banho na praia era tudo de bom! O pai devolvia o pedalinho e nós já ficávamos por ali, brincando nas águas tranquilas de Ipanema..

.

.

A folia depois se estendia para a areia com jogo de bola, castelinhos e tudo o que tínhamos direito. Hora de ir para casa, que o almoço da mãe já estava na mesa. Para comemorar aquela manhã de praia, tinha o refrigerante Pepsi tomado no gargalo da garrafa – coisa de adulto – em mesinhas que se estendiam por quase toda praia, sob as arvores (à direita).

.

.

Às vezes, o Guaíba nos brindava com alguma tartaruga, que era levada pra casa para nos fazer companhia na semana e depois trazida de volta para ser lançada novamente nas águas de Ipanema. Claro, acreditávamos que ela tivesse sido engordada, fora possivelmente “torturada”, porém, com certeza, “batizada” com um nome carinhoso e muito amada por nós que voltaríamos, ao longo do verão, procurando pela cabecinha dela ”por fora d’água”, nadando por entre os pedalinhos, para nos dar também o seu alô.

Nessa última foto (à esquerda), já aparece minha irmã mais nova – Flávia Letícia, o que comprova que esses passeios se repetiram por alguns verões em nossas vidas.

Durante nossa infância, há quase 40 anos, Ipanema era “a nossa praia”. E hoje, quais lembranças estarão sendo guardadas na memória de seus atuais frequentadores?

*Por Luiz Antonio Henriques da Silva, Conselho de Blogueiros