Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Sexta-feira em alta-voltagem

26 de novembro de 2009 0

Já se vão 13 anos desde a última passagem do AC/DC no Brasil. Na sexta-feira, os australianos retornam para uma única apresentação no país. O espetáculo tem tudo para entrar na história, já que é uma megaprodução que precisou de 55 carretas para carregar todos os equipamentos e cenografia de palco. O show que Brian Johnson (voz), Angus Young (guitarra), Malcolm Young (guitarra), Cliff Williams (baixo) e Phil Rudd (bateria) apresentam em território nacional faz parte da turnê Black Ice World Tour.


A movimentação para ver o quinteto foi grande. Tanto que os cerca de 65 mil ingressos colocados à venda foram comprados em dois dias. Com 36 anos de estrada, os caras devem mostrar aquela música sem firula e empolgante que os consagrou. Um som que pega emprestado a simplicidade do rock das décadas de 50 e 60, bases de guitarra que lembram o blues e a energia e agressividade que beiram o punk.

No repertório, clássicos das antigas como Dirty Deeds Done Dirt Cheap, Highway To Hell e Hells Bells, além de canções do mais recente trabalho Black Ice (2008), como Rock`n`Roll Train e War Machine. Mesmo com a idade pesando quase tanto quanto o som que fazem, o AC/DC ainda se mostra à vontade e bem disposto em cima do palco. Saca só a performance dos caras filmada por um fã este ano em Munique, Alemanhã:

Aproveitando a vinda do grupo ao Brasil, a Conrad lança a versão nacional do livro Let There Be Rock. A publicação conta como foi a ascensão do AC/DC no competitivo universo roqueiro. A pré-venda já rola no site da editora.

Postado por Homero Pivotto Jr.

Envie seu Comentário