Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Intervenção artística registrada

23 de agosto de 2011 0

A intervenção artística degust[ação], realizada como uma ação do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE) da UFSM, rendeu um vídeo.

O trabalho foi apresentado em 9 de julho, no Royal Plaza Shopping.


Abaixo, você confere um texto sobre a intervenção, que saiu na coluna Zoom em 9 de julho


A intervenção artística degust[ação] será realizada como uma ação da disciplina Prática de Pesquisa A, da professora Marilda Oliveira de Oliveira no Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE) da UFSM. Cristian Mossi, Francieli Garlet, Simone Rosa, Thaís Paz, Tamiriz Vaz e Vivien Cardonetti fazem parte da linha de pesquisa Educação e Artes.
Todo fim de semestre, a proposta é que a disciplina termine com alguma troca. A ideia é que o conhecimento adquirido ao longo dos estudos seja compartilhado. Daí a ideia da ação deste ano, que convida o público a “degustar” conceitos, teorias, experiências… Tanto que a chamada é “Venha saborear os conceitos que preparamos!”.
- Degustar conceitos, como quem experimenta o mesmo doce favorito, mas que a cada mordida se vê envolvido por uma insaciedade que só aumenta _ diz Marilda.
A professora trabalha com a ideia de intervenção na pesquisa, explorando conceitos e abordagens investigativas na área de arte e educação:
- Neste semestre, a proposta foi trabalhar com a visualidade da pesquisa. De quais teorias nos alimentamos? Do que nos nutrimos? Por que não compartir nossos alimentos e alimentar os outros?
Para colocar a intervenção artística em pé, o grupo confeccionou “bolachinhas” de madeira. Cada um customizou 50, com liberdade artística para criar uma forma de compartilhar sua pesquisa em arte e educação.
Tamiriz Vaz, por exemplo, trabalha linguagens do desenho, da fotografia e da intervenção urbana, criando seres e paisagens a partir de uma estética microscópica. Cristian Mossi trata de “corporeidades/performatividades e coletividades que podem ser assumidas ao longo da vida, durante o processo de formação subjetiva”.
Já Marilda explora a visualidade dos diários de professores. Vivien Cardonetti investiga as questões do consumo dos artefatos culturais, da produção à distribuição. Simone Rosa estuda mobiliários vazios e corpos com diversas faces, representados por meio da transparência e da sobreposição. Como se vê, são vários sabores de conhecimento.sobre a intervenção, que saiu na coluna Zoom naquela data.

Envie seu Comentário