Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Servidores estaduais só saberão quanto vão receber na sexta-feira, dia do pagamento

28 de julho de 2015 104

Agência RBS

*Por Kelly Matos e Matheus Schuch

O Palácio Piratini só irá anunciar na sexta-feira (31) – data em que os salários serão depositados nas contas – quanto conseguirá pagar para os funcionários públicos do Estado. Haverá parcelamento. O valor de corte, ou seja, quanto cada funcionário vai receber está hoje entre R$ 1.800,00 e R$ 2.150,00. O restante só será pago em meados de agosto.

Esta será a primeira vez que o governo Sartori parcelará salários de servidores. Em maio, o governo do Estado chegou a anunciar o parcelamento dos vencimentos (com corte de R$ 5,1 mil), porém voltou atrás após decisões judiciais favoráveis ao funcionalismo. Houve atraso no pagamento da parcela da dívida com a União e também no pagamento de fornecedores.

Em junho, o Estado optou por pagar na íntegra todos as categorias no último dia do mês (e não em três dias, como de costume), utilizando recursos de empresas públicas do Caixa Único, além de valores do Ministério Público e da Assembleia.

Atualmente, a folha do funcionalismo do Executivo é de R$ 1,1 bilhão (somados funcionários ativos e inativos). Se considerados os demais Poderes, a conta chega a R$ 1,8 bilhão.

Questionada pela Rádio Gaúcha sobre o parcelamento, a Secretaria da Fazenda não se pronunciou sobre o assunto.

 

Comentários (104)

  • Luis diz: 28 de julho de 2015

    Eu não trabalho, GREVE GERAL JÁ! SE OS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS DESTE ESTADO TIVEREM VERGONHA NA CARA IRÃO FAZER GREVE GERAL!

  • Luis diz: 28 de julho de 2015

    Para o Governador Sartori, uma decisão judicial e um papel higiênico usado (cagado) possuem o mesmo valor, ou seja, NADA! Sem salário eu não trabalho! Se os servidores públicos deste Estado possuírem vergonha na cara IRÃO FAZER GREVE GERAL! Até este momento eu era contra a greve, mas chega de tortura psicológica e pagar o pato por governos corruptos e mal intencionados. A resposta deve ser a altura!

  • Luis diz: 28 de julho de 2015

    Para este Governo, uma decisão judicial e um papel higiênico cagado possuem o mesmo valor, ou seja, NÃO VALEM NADA!

  • André POA diz: 28 de julho de 2015

    Nós, professores, devemos fazer greve! Até quando vamos aguentar?

  • barnabé diz: 28 de julho de 2015

    proponho que os funcionários parem e só voltem a trabalhar no dia que receberem a segunda parte do salário. Rapidinho o gringo dá um jeito. Pensar em entrar na justiça contra a famosa dívida do Estado ou dividir a crise com a legislativo e judiciário ele não quer, fica tudo nas costas dos funcionários do executivo, Essse gringo trocado por aquilo se perde a lata.

  • Alisson diz: 28 de julho de 2015

    ok então…só na segunda feira o governo saberá se eu vou trabalhar ou não…é olho por olho/dente por dente….GREVE GERAL JÁ!!!!!

  • charles diz: 28 de julho de 2015

    os funcionários deveriam parar e voltar a trabalhar apenas quando receberem a segunda parte do salário, simples assim.

  • Candice Silveira diz: 28 de julho de 2015

    Queria saber se o salário do Sartori, deputados e outros “blindados” também será parcelado nos mesmos moldes.

  • Sérgio A. Cobalchini diz: 28 de julho de 2015

    NÃO votei neste Gringo Polenta, falso como uma nota de 3 reais. É um mau caráter, mal intencionado. Como faço com as contas e o sustento da família, eu e mais três dependentes. Seja homem Sr. Governador, se não tem dinheiro, demita os CCs que não fazem nada de bom. A Sra. sua mãe deve estar feliz de ver como o Sr. governa o Estado.

  • Super sincera diz: 28 de julho de 2015

    Se não tem dinheiro demite o monte de CC’s que o governo colocou….

  • Luiz diz: 28 de julho de 2015

    A solução é reduzir a máquina pública. Se não tem dinheiro como pagar ou dar aumento.

    Privatiza tudo governador que o povo não aguenta mais serviço público deficiente e caro.

    Enquanto não equipararem o regime previdenciário dos servidores públicos com o dos empregados da iniciativa privada não é só o estado que não tem solução. O país não tem solução.

    Socialismo acaba quando acaba o dinheiro dos outros. Tá brabo pra servidor público, pede como está pros mais de 4 mil desempregados do setor metal mecânico aqui em Caxias.

  • Mary diz: 28 de julho de 2015

    É, a partir do dia 1º só trabalharei quando tiver dinheiro para a gasolina ou para o transporte público e quando tiver dinheiro para pagar a creche do meu filho. E ainda o Banrisul me cobrará juros no banricompras.

  • Sandra Beatriz diz: 28 de julho de 2015

    Sem palavras. Crueldade. Terrorismo. Humilhação aos servidores, Essa é a transparência ? Saber o quanto vai receber no dia do pagamento ? Vergonha. A Bahia antecipa os salários e Goiás acaba de anunciar pagamento integral, apesar das dificuldades..

  • paulo roberto ribeiro diz: 28 de julho de 2015

    Poca vergonha, trabalhei 30 anos no estado, e agora pago as conta, ou deixo de pagar para comer. Greve geral sim, todas as categorias, vamos pedir impechtman.

  • CLAUDIO diz: 28 de julho de 2015

    NÃO RECLAMEM DE UNS DIAS DE ATRASO.
    NO FINAL DO ANO SERÃO MESES DE ATRASO.
    A MATEMÁTICA NÃO FALHA.
    OS IMPOSTOS DOS CONTRIBUINTES SÃO SÓ PARA PAGAR FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS, NÃO TENDO NADA DE RETORNO.
    DINHEIRO NÃO DÁ EM ÁRVORE.

  • João diz: 28 de julho de 2015

    Duvido que os servidores em geral façam greve, os professores certamente farão, mas o demais, um bando de bunda mole que não fará nada!!! Sendo assim, o governo continuará a cagar na cabeça do funcionalismo!

  • Luciano diz: 28 de julho de 2015

    Engraçado o fato dessa notícia estar escondidinha em um blog da rádio gaúcha em vez de ser capa da edição on line da RBS. Nem mesmo no site do Zero Hora há menção do fato. Falo isso porque, antes de ler o blog Cenário Político, verifiquei nas últimas notícias de política de Zero Hora no qual encontrei apenas notícias vinculadas ao governo federal. Me pergunto: será que só no governo federal ha notícias sobre política? Ou será que, enquanto o governo Dilma se afunda na lama, o nosso Estado está parado, não há nada de relevante a ser noticiado? É de propósito? Indica a opção política do grupo? Sei lá, respondam com imparcialidade. Obrigado

  • Leandro cordova diz: 28 de julho de 2015

    Boa tarde cidadãos e servidores do executivo.
    Ao ponto que a má dita administracao anterior do Tarso e seu dito staff deixou em caos geral o executivo gaucho maquiando malevolamente a real situacao que todos vêem que em menos de seis meses independentemente dos subsidios aos pc bm e susepe deixado de lado à deriva o IGP pericial se depara com esse absurdo nas contas publicas!
    Dizer.se gestor e tentar reeleicao e se vendo o que se vê é mais um caso de pulicia!!!
    Que absurdo ap que acometeram esses asseclas mandatarios no partido dos dito trabalhadores que agora geram o caos aos servidores do executivo a ponto de ter de pedir penico ao mp e assempleia do estado!
    Meu Deus! Ninguem se toca com esses comentos enfadonhos que so mascaram aos ptzoides que jogaram fora 4 anos de Yeda e mais 4 de Rigotto?!?
    Sartori agora com esse pincel na mao nao ocasionado nem por ele nem por sua atual equipe pois foi oposicao lembro.lhes se mostra forte dedicado e corajoso com sua equipe recem formatada para gerir um estado falido e aplacado por uma bkmba relogio petista pos eleitoral!

  • Marilete Moreira diz: 28 de julho de 2015

    Governo Sartori, parcele o salario do Executivo e dos Deputados, que ganham uma fortuna em relação aos demais funcionários públicos. Arrochar e parcelar salário de funcionalismo que ganha menos do que os políticos, é crime….Quem sabe matando o funcionalismo público o Estado fica rico…

  • Andrea Nicotti diz: 28 de julho de 2015

    Deprimente. Que droga que governo está fazendo esse Sartori. E os cc’s? e a decisão judicial que PROIBE o parcelamento?

  • gerson diz: 28 de julho de 2015

    Bem, primeiro … Quero ver o Governador e secretários inclusos nisso, nada de fugir, também recebendo no valor do corte, depois quero ver o Governador dando um canetaço acabando com todos, eu disse, TODOS os CC’s …. Depois quero ver TODOS os poderes (Legislativo, Judiciário, MP e MP de contas) nesse corte também …. TODOS Sr. Governador, TODOS!

  • carlos diz: 28 de julho de 2015

    Luis não é assim Ordem Judicial têm que cumprir caso contrário a justiça manda recolher e fechar o cidadã.

  • carlos diz: 28 de julho de 2015

    Ordem judicial tem que ser cumprida não é bem assim…

  • Sérgio A. Cobalchini diz: 28 de julho de 2015

    Servidor público que votou no Polenta não tem o direito de reclamar. Tem que se ferrar …

  • Pedro diz: 28 de julho de 2015

    por que o governador não começa cortando o salario dos fura-teto que são muitos? ir cortando de cima para baixo seria o mais lógico. mas estranho, nem se fala nisso.

  • eliseu diz: 28 de julho de 2015

    Votaram numa merda dessas, agora aguentem, o choro é livre, esperavam o que de uma porcaria dessas, não sabia nem se expressar durante a campanha, pergunto o que essa ameba fez até agora no governo, ABSOLUTAMENTE NADA. È só para o executivo por que, para o judiciário e Assembléia legislativa onde trabalha a “gorducha” da mulher dele, tem dinheiro sobrando.

  • José diz: 28 de julho de 2015

    Sem salário sem trabalho, pouca vergonha governo desastroso!

  • Italia fanfa diz: 28 de julho de 2015

    Esse é o BOM governo! O outro está destruindo a economia, enquanto o do Estado está movimentando essa! Inclusive incentivando o funcionário a pagar tudo em dia, como aluguel… Mudou calendário sem ao menos avisar para que mudássemos datas de pagamentos. É uma beleza!!!! Vamos fazer a lavagem cerebral! Ele é ótimo! Quem está na ativa tem o direito de trabalhar da mesma forma como recebe!

  • jcosta diz: 28 de julho de 2015

    Pior será a divida que vai ficar com o atraso dos salários.

  • Jesus Antonio Moraes de Oliveira diz: 28 de julho de 2015

    O funcionalismo além de serem considerado os vilões da situação econômica do Estado ainda pago o pato não recebendo seus salários em dia.Oque mais pode acontecer com os funcionários públicos que tem família para sustentar e tem contas para pagar?

  • sandra diz: 28 de julho de 2015

    É muita incompetência…e sobra para quem mais trabalha pelo estado, lamentável. Deveria renunciar, pois não sabe administrar.

  • almir diz: 28 de julho de 2015

    É greve geral! Sem salario, sem trabalho!

  • Antonio Nunes diz: 28 de julho de 2015

    É…qdo a empresa não paga o salário o funcionário tem que arrumar outro emprego…funcionário publico, a iniciativa privada tá ai…mudem de emprego se não estão satisfeitos ou não estão recebendo. Entendo q todos devem receber seus salários, mas se a empresa não paga é só trocar de emprego.

  • Italia Fanfa diz: 28 de julho de 2015

    Maravilha:” Meu partido é o Rio Grande” É isso aí! Eu não votei! E acredito que deverão trabalhar da mesma forma como irão receber! E ainda faz piada!!! É surpresa quanto terão na conta! Já alterou calendário, vai parcelar salários… Esse é o primeiro erro que o povo cometeu. Estão tentando desesperados em cometer outro. Inconsequentes! O serviço público terá uma qualidade excepcional!

  • Cláudio diz: 28 de julho de 2015

    Queriam o quê?
    O incomPeTente do Tarso quebrou o Rio Grande.
    No final do ano serão meses de atraso de salário
    Já era.
    A Grécia agora é aqui.
    Viva o Tarso!

  • Marcelo B diz: 28 de julho de 2015

    Quando Tarso disse na Campanha Eleitoral que Sartori iria arrochar salarios, privatizar e fazer terrorismo com funcionalismo publico achei que era para ganhar votos. Mas não. Hoje percebo que Tarso sabia exatamente o tamanho do buraco que deixou no Estado e cantou esta pedra pro Sartori. Tarso disse entre linhas, “Gringo, salta fora que a bomba que vou deixar pra ti é TNT puro.” O gringo não escutou e agora está aí se sacrificando para pagar a folha do Estado. O que realmente impressiona é como o Executivo só tem poder sobre salarios do Executivo, do Legislativo e Judiciario nada pode fazer, apenas implorar que os mesmos não peçam por beneficios. Mais da metade da folha de pagamento do Estado é de inativos e bem gorduchos os salarios. Meu único porém com o Sartori é porque demora tanto pra privatizar e se desfazer destas estatais que só geram despesas. E outra, porque ele não conversa com o amigo do Tarso lá da União para liberar emprestimo sem contra-partida como o ex-governador fez tantas vezes para posar de bonito pro funcionalismo. Se a minha empresa não tem dinheiro pra pagar meu salario vou pra rua. Queria ter a opção de ficar em greve e depois voltar a receber, mesmo que descontado.

  • Facundo diz: 28 de julho de 2015

    Vergonha alheia

  • Maria Claudia diz: 28 de julho de 2015

    E chamam isso de transparência. Terrorismo e dos piores. O Governo devia proporcionar tratamento psiquiátrico a todos servidores, já que vem ameaçando desde antes de assumir. Um dia prestação contas do que fizeram e seu nome ficará marcado na história do RS> VERGONHA…

  • marcelo costa diz: 28 de julho de 2015

    Bah1 Já vi muita incompetência na política (sobre gestão pública, nem comento)!!! Porém, este governo do Sartori está de parabéns!!!

  • sani diz: 28 de julho de 2015

    Marcelo se queres ter a opção de ficar em greve é só, só e só passar em um concurso público, que aliás é muito fácil, não demanda tempo, dinheiro nem tão pouco decepções, praticamente ter que deixar de realizar várias coisas que nem fazem falta mesmo como ficar com teu filho(a), marido, mulher, família, parentes, amigos para dedicar teu tempo unicamente aos estudos para ser um profissional qualificado a atender você, sua família, amigos, etc seja na área da educação, saúde,…eu sinto muito se privatizarem pois sou totalmente contra, mas por outro lado é bom para pessoas como você sentirem falta do que perderam por não valorizarem. Então, faça isso e tenha o direito de ficar em greve e depois voltar a receber normalmente. Direito é direito, só tem quem adquire.

  • Andreia diz: 28 de julho de 2015

    Cadê os sindicatos???? Não acredito que ainda tem gente que defende esse governo! Não pode nos prejudicar dessa forma. Além de atrasar, e não é um simples atraso, é quase um mês de diferença, ainda avisa em cima da hora. Não podemos nem nos programar. É o caos. O Estado como um todo está um caos, mas qual é a surpresa? Um plano de governo nunca foi apresentado. E estamos apenas no começo. O que nos aguarda até o fim?? Pelo amor de Deus!

  • Tatiane diz: 28 de julho de 2015

    Meu Deus como pode alguém mandar funcionário público procurar iniciativa privada pra ganhar salário em dia? ????? Se todos fizerem isso como vai ficar? Escolas fechadas, policiais em casa, hospitais sem ninguém pra atender quem precisa. Deus!!!custa pensar antes de escrever uma barbaridade dessas. Sou professora estadual há 15 anos….. gosto do que faço mas não tenho que bater palmas e achar lindo o que o governo está fazendo cmgo e com todo o funcionalismo. Se atrasar as contas pagarei juros. ..e o governo fará i mesmo com meu salário? ?????

  • Patrícia diz: 28 de julho de 2015

    Eu não culto nem um pouco o governo do Sartori, ele só está tentando organizar o governo. Tarso sabia muito bem o que estava fazendo e deixou o estado nesta situação. Vão ver onde ele está agora, curtindo a vida, depois de ter deixado o estado no caos. VERGONHA…
    Eu apoio Sartori.

  • Newton diz: 28 de julho de 2015

    E parece mentira que um monte de funcionário público (do Executivo) votou nesse paspalhão apenas pela “modinha” de criticar. Quando a gente recebe de uma “fonte” e essa fonte paga direitinho os nossos salários o melhor é deixar quieto…Mudar para ficar em “pânico” a cada final de mês é loucura…Ou burrice.

  • Servidora diz: 28 de julho de 2015

    Que vergonha, um monte de CCs fazendo volume por ai e o servidor sofrendo esse terrorismo! Os concursados esperando! É o fim do mundo! VERGONHA!
    Queria saber o que o povo viu nesse infeliz para votar nele!!

  • simone diz: 28 de julho de 2015

    Senhor Sartori! Seu salário tambem será parcelado? E sua diárias e beneficios deixaram de existir? Vê-se bem quåo verdadeiras såo as atitudes de seu governo! SE receber parcelado, trabalharei parcelado!GREVE semana sim, semana nåo!

  • Joel Sidney de Christo Machado diz: 28 de julho de 2015

    Gringo falcatrua como todos políticos aproveitadores….os servidores públicos estaduais têm de parar todos, em especial, os da educação e segurança pública. Principalmente os dos salários mais baixos.

  • Pedro José diz: 28 de julho de 2015

    Independente da culpa ser de A, B ou T. O que o gringo esta fazendo é pura sacanagem. Parcela o repasse para os primos ricos (outros poderes), não vem pro funcionalismo do executivo. Rico protege rico! Vergonha quem votou nesse cara!

  • Pedro José diz: 28 de julho de 2015

    Matou no peito o aumento dos grande quando assumiu, e agora sacrifica os trabalhadores assalariados. Merece muitos palavrões, pedradas, etc e tal.

  • Amenaide Coitinho de Andrade diz: 28 de julho de 2015

    Concordo plenamente com a Sandra Beatriz. Não tenho palavras para descrever esta falta de respeito com os servidores do executivo. Como assim, só saber quanto vai receber no dia do pagamento? E o Legislativo? E o Judiciário? Todos recebendo em dia os seus altos salários.
    Pensem, e as pessoas que estão com os mantimentos terminando em casa, contas para pagar, transporte para o trabalho e para as crianças irem para a Escola. E os aposentados que usam remédios continuados. É uma covardia com a classe menos favorecida do funcionalismo: professores, brigadianos, aposentados e pensionistas. Revoltante.

  • eliseu diz: 28 de julho de 2015

    Esse governo é tão desclassificado e sem moral que não permitiu nem a expedição do contra-cheque mensal do funcionalismo do executivo, agora, bem feito para quem votou nessa “ameba” esperavam o quê, principalmente a classe dos professores que votaram em massa nesse jumento e, não tem moral nem para falar em greve, quanto mais fazer.

  • Jorge Loeffler diz: 28 de julho de 2015

    Sartori mente de forma vergonhosa, pois em maio recebi minha aposentadoria em duas parcelas e tenho cópia do extrato do Banco do Brasil para provar o que digo. Se não tem competência que renuncie logo. Por certo não imaginou que pudesse vencer o pleito e agora pago a conta junto com os que o elegeram. Filósofo de mentirinha como todos os que estão no mercado. Se não há dinheiro que extinga a Secretaria na qual emprega sua mulher. Gringo mentiroso. Assumo tudo o que está nesse comentário e teria enorme prazer em me confrontar em juízo com esse sujeito que aplica o terror nos que trabalham ou trabalharam para a sociedade deste Estado.

  • Erasmo diz: 28 de julho de 2015

    Servidores estaduais só saberão quanto vão receber na sexta-feira, dia do pagamento.
    Eu estou decepcionado votei no Sartori, mesmo sabendo que o partido dele historicamente foi sempre contra o funcionalismo, no Governo do EX Governador Brito foi vendido a CEEE e CRT, para pagar contas do Estado, concederam aumento mas não pagaram, quem quisesse receber teve que ir a justiça, os famosos 19%, já o ex governador Rigoto mandava os funcionários que quisessem receberem o seu 13 salário efetuassem empréstimo junto ao Banrisul, qualquer cidadão sabe que a situação financeira do Estado não é nem nunca foi boa, mas nunca tinha visto um governo fazer terrorismo quanto a incerteza se no fim do mês você vai receber seu salário ou não para honrar seus compromissos e sustentar seus filhos e esposa, será que não sabiam da situação do Estado? por não recorrem ao Vice Presidente ou aos seu aliados? torço para que achem a solução não foi para isso que se candidataram e se elegeram? agora o pepino é de vocês não joguem para cima do funcionalismo.

  • Juliana diz: 28 de julho de 2015

    Tbem sou professora. É revoltante isso que está acontecendo. Todos os meses esse terrorismo com nosso salário. E o pior é que se fizermos greve, daí sim que ele corta nosso salário. Estamos perdidos.

  • EVANDRO diz: 28 de julho de 2015

    ESSE SARTORI É UM DESPREPARADO.ESSE É O NOVO JEITO DE GOVERNAR?PARTE DO FUNCIONALISMO QUE VOTOU NELE DEVE ESTAR MUITO ARREPENDIDO.POR QUE NÃO PARCELA O SALÁRIO DA ESPOSA DELE QUE TAMBÉM ARRUMOU UMA “BOQUINHA” NESSE GOVERNO VERGONHOSO?

  • EVANDRO diz: 28 de julho de 2015

    ‘MEU PARTIDO É O RIO GRANDE”.PIADA ESSE GOVERNADOR.POR QUE NÃO PARCELA O SALÁRIO DELE E DE SUA ESPOSA QUE ARRUMOU UM EMPREGUINHO NO GOVERNO?

  • Luis diz: 28 de julho de 2015

    Vamos mostrar para o Estado o quanto os servidores da segurança pública são indispensáveis (BM, SUSEPE, PC e IGP). GREVE GERAL JÁ! QUERO VER SE O JUDICIÁRIO VAI TER OS “CULHÃO” ROXO PARA FAZER VALER AS DECISÕES JUDICIAIS EMANADAS POR ELES, OU SE VÃO COLOCAR O RABO ENTRE AS PERNAS E ACEITAR PASSIVAMENTE A DITADURA INSTALADA NO RS POR ESTE NAZISTA E SUA TRUPE!

  • vicente de souza diz: 28 de julho de 2015

    Gostaria de saber Sr Governador se o vosso salário e de seus Secretários de E stado também serão parcelados? E o dos senhores Depudados Estaduais também vão parcelar? Por que ninguém mexe nos salários deles?

  • Notlin diz: 28 de julho de 2015

    Desvendado, finalmente, a enigmática frase dita pelo então candidato a governador do RS: ” O MEU PARTIDO É O RIO GRANDE!”…que significa a mesma coisa que: “FODA-SE O FUNCIONALISMO GAÚCHO!”

  • Chechelo diz: 28 de julho de 2015

    Tarso sempre pagou em dia; quando voltar em 2018; continuará pagando em dia; devemos respeitar a vontade do povo gaúcho que elegeu Sartori, foi democraticamente eleito!

  • Flavio /Rio grande diz: 28 de julho de 2015

    Isso é uma vergonha quem vai pagar pelo juros das contas que vão vencer, quem vai colocar comida para meus filhos:Chega acabou a paciencia Greve geral todos , mas todos mesmos é a hora de mostrar para esses bandos de ladrões nossa força.

  • Gilson Goldani diz: 28 de julho de 2015

    É parece que desta vez o pacote vai ser completo: salários parcelados (e atrasados), congelamento dos mesmos, assinatura de “empréstimo” para receber o 13.º pagamento e ainda o “terrorismo” extra de só saber o dia de receber (?) no último dia do mês. Por isto eu digo: servidores precisamos nos unir, pois temos muito a perder com este governo. Independente da nossa preferência partidária, de quem votamos na última eleição ou em quem gostariamos de votar, pois somos servidores, dedicamos nossas vidas ao trabalho em prol da população e merecemos ser tratados com respeito.

  • Oscar diz: 28 de julho de 2015

    Eu fico abestado lendo alguns comentários acima de que a culpa é do PT, ou do Tarso. Mas tchê, deixem de ser papagaios, usem os seus cérebros antes de ficar parafraseando asneiras. O fato concreto é que esse cara mostrou na campanha a que veio e, mais, já tinha mostrado em Caxias o seu belo jeito de governar. Mas o povo gaúcho é muito “politizado”, como já tinha demonstrado ser ao eleger Brito, Rigotto e Ieda, não aprendeu. Além disso, aos falastrões que acima postaram, não importa o malabarismo que o governo anterior fez, o fato é que pagou sempre em dia. Quer ser governo sem capacidade, pede pra sair….

  • Valéria diz: 28 de julho de 2015

    Deveria parcelar o salário dele,de sua esposa para ver o quanto é bom…trabalhar o mês inteiro,chegar ao final cheio de contas para pagar,e parar no spc, cafajeste, ordinário, o povo gaúcho com certeza não sabe votar,ainda quer privatizar o pouco que sobrou para o Rio Grande, sucateiro o estado,se não tinha competência para governar,ficasse de fora,mas o seu partido é o seu bolso, mil vezes crápula. Devemos demiti-lo,pois não sabe administrar nada,e daqui a pouco não haverá mais nada no estado.

  • Fabiana diz: 28 de julho de 2015

    A notícia de parcelamento de salários é lamentável. Sugiro que os funcionários púbicos façam greve geral. E lamentável também é a RBS ter escondido a notícia em seus sites. Deveria ser a matéria de capa do ClicRBS e Zero Hora. Se fosse o governo do PT que atrasasse salários a notícia teria destaque.

  • Maria diz: 28 de julho de 2015

    Quando os políticos se propõe a ser líder político, em qualquer esfera, seja municipal, estadual ou federal, deveriam ter noção da responsabilidade a qual estão se propondo e principalmente a coragem de fazer o que e certo em nome do bem comum. Não privilegiar alguns favorecidos, por exemplo por quê o judiciário vai ter aumento se o estado não tem dinheiro? Eles são mais Gente de que os outro funcionários públicos!???

  • Cristiane diz: 28 de julho de 2015

    Boa noite!, Sr. Sartori, enquanto nos, servidores do executivo, sofremos terrorismo e ameaças todo o mês há 7 meses, o judiciário, representados pelos magistrados, já receberam seus salários de julho e sem parcelamento, num estado onde deputados tem 10, 12, 18 assessores….onde há milhares de CCS mamando, onde há incentivo fiscal….ou seja, a crise só existe pró executivo… Como vamos honrar nossas obrigações… Sem salário não trabalho!!!! Como fica o emocional de milhares de trabalhadores que tem seus direitos negados por um governo incompetente. Pra mim é greve geral já, basta de tanta palhaçada, tenho vergonha de ser gaúcha e brasileira

  • Marisa Dezotti diz: 28 de julho de 2015

    Terrorismo. Alguém me explica a situação..se não receber não pago as contas…o governo não arrecada…e aí como fica!!!???Temos que fazer alguma coisa!!!

  • Cristiane diz: 28 de julho de 2015

    Governador burro e limitado, Sr. Governador, sem salários, cai o poder de compra da população, sem comprar, o dinheiro não gira e não gera capital…e nem arrecadação, é assim.a crise só tende a aumentar….pra mim é greve já, sem salários não trabalho… Enquanto isso juízes, promotores, magistrados em geral já gosam de seus salários gordos e integrais, pois são os primeiros a receber no estado, sem parcelamento e sem terrorismo

  • Cristiane diz: 28 de julho de 2015

    Sr. Sartori… O Estado vai parar!!! VC é burro ou o que, qualquer criança sabe que sem dinheiro não há receita, é um círculo vicioso….vou desenhar pró Sr., se o Sr. Não paga, o poder de compra diminui, sem dinheiro circulando não há giro comercial, e isso só aumenta a crise. Vamos todos afundar…que vergonha de ser gaúcha, de ser brasileira.

  • sergio diz: 28 de julho de 2015

    fico impressionado com o comentário de alguns recalcados que não conseguem aprovação em um concurso público, ainda por cima ficam dizendo que os outros devem sair do emprego se não estão contentes!

  • Ledi Fontana diz: 28 de julho de 2015

    Sou professora há quase vinte anos(História) e devo dizer que já vi e vivi essa história outras vezes, não sou filiada a nenhum partido político, portanto isenta de puxar brasa para um partido ou outro, porém o que está causando estresse na população é essa insegurança instalada, o que ao meu ver não ajuda em nada a melhorar a economia do Estado, não sabendo quando receber, ou se vamos receber não permite que tomemos qualquer decisão que implique em pagamentos a longo prazo, eu por exemplo não visito uma loja ja faz um tempo, o comércio precisa de comprador, que precisa pagar fornecedores, que precisam pagar seus funcionários e por ai vai, então eu quero sugerir que deixemos de ficar nos ofendendo(trabalhadores) por que isso não nos levará a nada, quem votou em quem? isso não importa, importa realmente que todos se ponham a pensar em como resolver essa situação e convenhamos essa arrumação na casa já deveria ter começado há um bom tempo atrás. Senhor Governador entendo sua posição mas se esse clima de insegurança não estivesse entre nós a situação seria outra, acho que deve ficar bem claro para a população que essas reformas precisam realmente serem feitas. Que tal abrir para sugestões?

  • Chica simplesmente diz: 28 de julho de 2015

    O povo gaúcho – despolitizado não entende de projeto político! Não sabe a diferença entre o que se tinha e o que teríamos! PMDB ( defesa do estado mínimo – neoliberalismo) ataca direitos, arrocho!! Só para o funcionalismo público! Leia-se, serviços de base! Elegeram um sequelado que nem propostas tinha! Não abriu a boca em nenhum debate, porque sabia que a estratégia para partir o RS seria ficar calado! Tenho saudades do Tarso, lamentei, chorei pq sei que o projeto de cunho social do Tarso, jamais tornaria um caos as nossas vidas! Ele governou o RS com o mesmo rombo, fez concursos, nomeou, garantiu aumentos! Tenho vergonha de ser gaúcha pelo povinho ignorante, sem conhecimento algum que deu o cheque em branco para esse gringo piadista de mau gosto! Eu estou pagando essa desgraça, mas para aqueles que votaram nesse terrorista, fiquem sabendo que escolas, postos de saúde e polícia, não terão!! Bem feito, péssimas escolhas, péssimo andamento dos serviços públicos! Segurem se puderem! Ah! Uma dica valiosa: Vão estudar sobre os diversos tipos de projetos para a sociedade antes de fazerem sujeira na urna! A maioria votou sem noção, agora aguentem o RS parado! Sem salário, sem trabalho!

  • alfredo diz: 28 de julho de 2015

    Administrar o Estado em benefício de poucos é fácil, difícil é reestruturar a máquina administrativa, somente avaliar os afiliados políticos que fazem de conta que trabalham e levam a maior parte da folha.
    Basta fazer um levantamento do patrimônio inservível que o Estado possui e se desfazer (fazenda, casas funcionais das quais os que menos necessitam ocupam, ginásios, prédios é somente leiloarem e se livrarem deste ônus).

  • André silva diz: 28 de julho de 2015

    tem um monte de babacas aqui criticando os funcionários publicos e ficando a favor desse velho ameba e nazista eu pergunto a esses otários quem educa os filhos deles? um funcionário publico chamado professor ou todos são ricos e seus filhos estudam em escola particular? quem não conhece a realidade que vive um servidor público que enfie a lingua no seu cú cagado bando de otários!!!!!

  • Jefferson da Silva Borges diz: 28 de julho de 2015

    CALOTE é CALOTE!!!É zelote quem nessa hora acoberta essa barbárie!Vou repetir CALOTE!!!Pode ser que os zelotes de plantão encontrem outro nome para CALOTE!CALOTE!Mas, Calote é CALOTE e Não Adianta ZELOTE inventar conversa fiada!

  • Altemir diz: 28 de julho de 2015

    É isso ae Sartori, estamos contigo. Depois da tempestade vem a calmaria. Erga o Rio Grande do Sul.

  • O Lirio diz: 29 de julho de 2015

    Corjas de sem vergonhas ladrões, principalmente esse gringo polenteiro que quer matar o funcionalismo a mingua. Seu gringo sem avergonha, ladrão, mexa com o judiciario e com o legislativo. O que tu merece é um tiro no meio dos miolhos. Fazer tu e essa corja de deputados fajutos sem vergonhas e ladrões saltarem num pe só. Corja de bandidos. O que tu grindo polenta merece é que t4e assaltem e te façam de refem. Assaltam e coloquem fogo na tuaca perder tudo. Ter ver no angu de baixo da ponte. Contratar o Ozama pra nocautear a assembleia legislativa do rs e o palacio.

  • Luiz Carlos diz: 29 de julho de 2015

    Em setembro de 2014 eu caminhava pelo centro de Porto Alegre e vi um grupo de 5 professoras usando uma camiseta preta com os dizeres “Fora, Tarso”.
    Tarso foi o Governador que deu o melhor tratamento ao funcionalismo, especialmente do ponto de vista salarial.
    O magistério recebeu, no total, cerca de 80% de reajuste e mais 30.000 promoções (Tarso atualizou as promoções que estavam atrasadas).
    Mesmo assim havia idiotas no serviço público (como essas 5 professoras) que votaram no tal Sartori, mesmo tendo vivido o terror que foram os desgovernos Britto e Yeda.
    Sartori – e só não percebe quem é partidário dele ou imbecil, mesmo – acabou com a segurança pública.
    A explosão da violência urbana, que é tratada com deboche por esse desgoverno, como se viu da declaração do Secretário da Segurança Pública no episódio da cidadã que teve seu carro roubado 30 minutos depois de sair da concessionária, é decorrente do corte drástico de recursos da segurança, assim como acontece na saúde.
    O Governo Tarso foi um governo de absoluta tranquilidade durante seus 4 anos, e o desgoverno Sartori jogou nosso Estado num caos que há muito não víamos em apenas 6 meses.
    Isso acontecerá também em nível federal quando o golpismo antipetista colocar no poder um pilantra da direita. Veremos em nível federal o que já está acontecendo aqui em nível estadual.
    Aqui, o mínimo que esse funcionalismo burro, que vota em vigaristas de direita, deve fazer é parar. Nenhum policial nas ruas, nenhum professor em sala de aula e hospitais sem médicos.
    Mostrem para esses babacas manipulados pela mídia venal que acham que servidores públicos não importam, a falta que fazem os policiais, os professores, os profissionais de saúde, etc. Deixem que eles vejam como é bom ter que pagar por segurança privada, por educação particular e pagar caro por consultas médicas, exames e outros procedimentos.

  • ANGELA MARIA STOLL diz: 29 de julho de 2015

    VOU AMANHÃ MESMO FALAR PARA GERENTE DA MINHA CONTA NO BANRISUL QUE OS MEUS COMPROMISSOS COM O BANCO SERÃO PAGOS NO PALÁCO PIRATINI COM O SR. SARTORI.

  • Adriano diz: 29 de julho de 2015

    Engraçada essa palhaçada. Antes de assumir o governo esse sem vergonha sanciono o próprio aumento salarial e de seus comparsas. Se ele tivesse o mínimo de hombridade e vergonha na cara ele devolveria aos cofres do Estado a diferença do aumento salarial e os deputados que são mais envergonha que o governador deveriam fazer o mesmo. Pois já ganhavam o bastante antes para q aumento. É os apaixonadamente 75. 000, 00 que cada deputado tem direito por mês para seus VCs, se fossem confiscados aos cofres do governo e os CCs pelo governo a fora fossem revogados, sem falar nos salários milionários do Jurídico e legislativo houvessem revisão. Resolveria os problemas da crise no estado. Lembrando um professor ganha em média R $ 1. 800, 00 e um Soldado da PM R $ 2. 000, 00 um Sargento PM 3. 000, 00 e um Cel PM 18. 000, 00 e um PC começa a carreira ganhando R$ 5. 000, 00. Vamos comparar com um Deputado que não nos da proteção e não nos educa e no entanto além de enganar o POVO com discursos regados de demagogia e ganham em média R$ 79.000,00 por mês fora a bola e os acertos regados a Pizza e Propina. Só me respondam uma coisa o q o povo ta esperando para reagir.

  • Juliano diz: 29 de julho de 2015

    É, a marolinha esta virando uma guerra civil, agora aguenta!
    Pena que o sangue que vai correr é do povo, a “NATA” vai ficar na boa!

  • Paulo Freitas diz: 29 de julho de 2015

    Absurdo não pagar o funcionalismo. Isso vai acabar acontecendo a nível federal também, pois a bagunça financeira dos politiqueiros está chegando ao fim. Chega de malandro governando, tanto agora, como na terrível herança maldita.

  • F…e mal pago diz: 29 de julho de 2015

    Marcelo B: simples meu amigo, se você quer ter isso estude e passe em um concurso público…as vagas estão aí para quem quiser! Eu estudei muito, passei e tenho direito sim de brigar com essas amebas q se elegem de 4 em 4 anos, inventam secretarias para parentes e apadrinhados, enchem de CC’s por todos os lados, sendo estes na maioria totalmente despreparados, só estando ali por ter feito campanha! Não seja tão facilmente manipulado!

  • Silvana diz: 29 de julho de 2015

    No Centro dessa vergonha, o funcionalismo público segue perdendo (e ñ é pouco).
    Greve geral… enquanto nossos salários estão sendo parcelados e congelados… o SALÁRIO DAQUELES ELEITOS POR NÓS SOBEM… Q VERGONHA… E AINDA TÊM EXPLICAÇÕES NA PONTA DA LÍNGUA…. GREVE GERAL JÁ!!!!!

  • Theo Cruz diz: 29 de julho de 2015

    Idiotas aí comparando o Estado a uma empresa são os responsáveis pelo país estar assim.

  • Arthur Boelter diz: 29 de julho de 2015

    Lamentável. Até onde entendo, o não pagamento dos subsídios configura descumprimento de lei, tornando passível uma ação por improbidade administrativa.

  • Nilson diz: 29 de julho de 2015

    Sr Governador, em 19 anos de trabalho na saúde nunca passei pelo que estou passando. Meus recursos, assim como os do estado, estão caóticos, mas nem por isso deixo de pagar minhas contas (inclusive com o estado, como luz e água) e meus impostos (como ICMS).
    É simples: se não pagar, não trabalho.

  • Nilson diz: 29 de julho de 2015

    Vamos parar com a chatice desta grenalização entre PT e Anti-PT. A questão não é esta. Calote é calote…
    Greve JÁ!!!!

  • Marcos W. diz: 29 de julho de 2015

    Que mania esse pessoal do PMDB, que é o mesmo pessoal de outros partidos, e também é o mesmo pessoal da gloriosa imprensa, com raras exceções, tem de apontar o dedo para os outros?! E aqui do lado o mais novo ghostwriter da imprensa nacional tenta nos dizer “porque o PT fracassou”!!

  • Alex diz: 29 de julho de 2015

    Será que RGE, Corsan, Cartão de Crédito, Financiamento da casa própria e demais obrigações vão aceitar que eu pague minhas dividas PARCELADAS também???? O Estado vai pagar os juros e os encargos que vão me cobrar???? Onde estão os servidores deste estado que não entram em GREVE e exigem seus direitos???? Até dezembro do ano passado dava para pagar normalmente, por que agora não dá?????

  • Andre diz: 29 de julho de 2015

    Meu deus sartori e Dilma são farinha do mesmo saco se ele confirmar parcelar salários em breve terá menos de 5% de popularidade no estado.que vem la de Caxias é claro.

  • silvio rodrigues diz: 29 de julho de 2015

    PT,PMDB = incompetência e corrupção .

  • Celia diz: 29 de julho de 2015

    Aposto que os descontos em folha (IPE, consignados…) serão integrais já na sexta-feira… :(

  • Roberto diz: 29 de julho de 2015

    Dê que adianta greve geral, se a maior parte dos professores são contratos e tem medo de parar e perder seus empregos!!! Agora se todo funcionalismo público parar sem medo de represarias, surgirá alguma mudança!!!

    “Povo que não tem virtude, acaba por ser escravo…”

  • Gaúcho diz: 29 de julho de 2015

    Governo terrorista fdp.

  • Bia diz: 29 de julho de 2015

    Gringo palhaço, pq não começa cortando o salário dele. É sempre assim qdo o Estado tem problemas de “caixa”, estoura sempre na Educação, Segurança e Saúde… palhaçada, falta de respeito com quem o elegeu (em sua grande maioria o funcionalismo) apostando numa melhora, num reconhecimento por anos e anos de descaso, de não reposição nem mesmo da inflação. É hora de dar um basta: não tem salário não tem trabalho.

  • Luciano diz: 29 de julho de 2015

    O que deve ser parcelado são os altos salários. O que inclui o do Sartori. Como vou organizar minhas despesas recebendo depois da data e ainda agora parcelado? Deve haver outra maneira de conter o rombo em nosso governo. Não foi pra prejudicar quem já é muito mal remunerado que fostes eleito senhor Governador!
    espero que essa mensagem chegue até você. Para que me responda isso.

  • Pedro Henrique diz: 29 de julho de 2015

    Quem não está satisfeito, se demita e venha para o setor privado! Bem simples empreender e pagar impostos para sustentar concursados!

  • João diz: 29 de julho de 2015

    Me sentindo desconsertado… Como vou pagar as conta? Terrorismo! O Banrisul vai lavar a égua, amanhã já me vou pro consignado…

  • VINCI VIN diz: 29 de julho de 2015

    Bem feito, enquanto todos ficarem quietinhos vai ser de assim para pior, dinheiro para as mamatas TEM. O que aconteceu com o Deputado Basegio :nada, porque são useiros e vezeiros, agora apareceu uma pontinha de Iceberg do que roubam também os vereadorer, para os palhaços do Executivo
    a “Plebe” SOBRA O QUE A mARIA GAnhou atrás da moita.
    Me serve um pouco de consolo não ter votado neste PMDB que como PT são a mesma corja haja visto o CUNHA…Calheiros…Temer….
    Não pode ter dinheiro para os que trabalham pois os que roubam precisam de cada vez mais…
    Se é tão ruim não entendo porque NÃO RENUNCIAM, LARGUEM ESTE QUE DIZEM SER UM FAMIGERADO “OSSO”.

  • Professora diz: 30 de julho de 2015

    Oi Claudia tu não sabe o que fala. Já deu tempo dele dar uma organizada na casa não se dizia tão competente. z

  • Fernando diz: 30 de julho de 2015

    “De onde menos se espera, é aí que não sai nada

  • Marilaine Wolff Dick diz: 30 de julho de 2015

    Meu Deus… Como farei para pagar minha casa financiada? Alimentar minha família, e pagar as contas básicas? Fora os juros dos cartões que ficarão sem pagamento… Se sentindo sem chão.

Envie seu Comentário