24 ago14:18

Lojistas de Chapecó conheceram as vantagens de anunciar na televisão

Para que serve a propaganda? Como obter benefícios dos meios de comunicação para ampliar as vendas? Quais as vantagens de investir em mídia? Essas dúvidas foram esclarecidas, no dia 22 de agosto, durante o almoço-reunião com o diretor comercial de televisão do Grupo RBS, Delton Batista, na Cantina do Cesec. Na ocasião foi ministrada palestra com o tema “A importância da propaganda na televisão para o varejo”. Participaram mais de 100 lojistas e profissionais da imprensa.

O evento foi uma iniciativa da Câmara de Dirigentes Lojistas de Chapecó (CDL) em parceria com a RBS. De acordo com o presidente da entidade, Gilberto João Badalotti, os meios de comunicação social são importantes aliados na concretização das estratégias de vendas do comércio varejista, bem como na construção e consolidação das marcas.

- O relacionamento entre mídia, cliente e lojista deve ser alinhado e próximo para proporcionar incremento na comercialização de produtos e na prestação de serviços – realçou.

O diretor comercial explicou que a propaganda serve para repassar uma mensagem literal e presta serviço ao consumidor ao ajudá-lo a exercer seu direito de escolha e compra. Além disso, estimula a concorrência, fideliza a marca, amplia a credibilidade e faz com que as empresas busquem oferecer produtos de qualidade e excelência.

- Queremos quebrar o mito de que investir em comunicação é apenas para grandes anunciantes ou para agências publicitárias do exterior ou de campanhas multimilionárias. O investimento neste meio de comunicação de massa é para anunciantes de qualquer segmento e de qualquer porte, em função do resultado, benefício e retorno que traz ao negócio – justificou Batista.

A orientação repassada aos empresários é de investir em mídia, pois todos os segmentos podem ganhar com o poder da informação. Segundo Batista, a televisão é o meio de comunicação preferido dos brasileiros com 97% de penetração no País. Também lidera a preferência dos anunciantes, com 63%, seguida de jornal, revista, internet, TV por assinatura, rádio, mídia exterior (outdoor), guias, listas e cinema.

- Ao contrário do que se imaginava com o advento das novas tecnologias a televisão continua crescendo. Segundo pesquisa recente, 80% dos assuntos da internet no Brasil são relativos a televisão -comentou.

O palestrante também apresentou pesquisas e levantamentos que comprovam o perfil dos telespectadores, a abrangência da emissora e os benefícios de anunciar em televisão.


Por

Comentários