Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Serra: “Comigo, o povo brasileiro não terá surpresas”

14 de junho de 2010 11

Na sua intervenção pública mais contundente, o candidato tucano à Presidência da República, José Serra, fez no sábado, na convenção nacional, um forte discurso de oposição. Atacou o apadrinhamento, o aparelhamento do Estado e os políticos “neocorruptos”. Sem falar explicitamente o nome do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Serra comparou as suas “crenças” com as práticas de oito anos de PT no poder, disse que os chefes de governo não podem acreditar que personificam o Estado e, citando Luís XIV, acrescentou:
– Nas democracias e no Brasil, não há lugar para luíses”.
O tucano repetiu a biografia apresentada na pré-convenção, em Brasília, em abril passado, falou do político de origem pobre e que estudou em escola pública, e concluiu:
– Não comecei ontem, não caí de paraquedas. Comigo, o povo brasileiro não terá surpresas.
Ao tratar dos sindicatos que foram cooptados pelo governo Lula com a legalização das centrais e da farta distribuição do imposto sindical pago pelos trabalhadores, Serra criticou as “organizações pelegas sustentadas com dinheiro público” e defendeu a liberdade de imprensa e de organização social – que não devem, afirmou, ser “intimidadas, pressionadas e patrulhadas pelos governos e partidos”.
Ao criticar duramente o governo Lula, reforçando o papel de adversário da atual gestão petista, o tucano fez uma inflexão em relação à posição de cautela que vinha adotando em toda a fase de pré-campanha e durante os mais de três anos que comandou o Palácio dos Bandeirantes.
-  Quem justifica deslizes morais dizendo que está fazendo o mesmo que os outros fizeram ou que foi levado a isso pelas circunstâncias merece o repúdio da sociedade. São os neocorruptos – declarou o candidato, em discurso de mais de 40 minutos para uma plateia de cerca de 5 mil pessoas.

Após os ataques a adversários, Serra enumerou algumas de suas propostas, como a criação de 1 milhão de vagas em escolas técnicas e de 150 ambulatórios médicos de especialidade em dois anos.

Comentários (11)

  • mauro luiz diz: 14 de junho de 2010

    NÃO TEREMOS JOSE SERRA. simples!

  • Pedro diz: 14 de junho de 2010

    A baixaria porosa do José Serra. Obviamente que no Brasil há lugar para luíses, dilmas e todos os que quiserem o progresso e o bem estar social. Não há lugar, sim, é para as mariasantonietas de sempre. E qual seria, mesmo, a surpresa da Dilma? Continuar a fazer o Brasil avançar em seus indicativos sociais, políticos e econômicos? Acho que o Serra se apresenta como o “sem surpresas” por uma simples razão: conservador e reacionário sempre será o mesmo Serra do nada feito. Lastimável amplificarem uma baixaria dessas: afinal, até agora, a única plataforma apresentada por ele foi essa: “sem surpresa”. Haja programas e projetos.

  • Luiz Augusto diz: 14 de junho de 2010

    É por isso que Lula é Dilma e Dilma é Lula. Isso não é um apelo eleitoral, é a tradução de que o presidente é fiador desta candidatura como a continuidade, mais profunda, do projeto que ele representa.
    Por isso o presidente expressou isso de uma maneira simples e insofismável:””Meu nome não vai estar na cédula. Vai haver um vazio naquela cédula. E para que esse vazio seja preenchido, eu mudei de nome e vou colocar Dilma.”
    Os intelectuais – ou semi-intelectuais – tolos dos quais se serve a direita, sobretudo na mídia, caem como patinhos na tentativa de desqualificar Dilma como “a sombra de Lula”.
    Será possível que não vejam que isso é o melhor que se pode dizer dela, que ela é a projeção para o futuro desta realidade que o povo brasileiro percebe em sua vida e que aprova com os níveis recordes que não há pesquisa que pode esconder?
    Essa é a grande maravilha da vida, a força da verdade, que rompe todas as cascas e surge, a despeito de todas as manipulações que se faz para ocultá-la.
    O Serra “lulista”, com que a marquetagem procurou iludir a população, não teve força, como mentira que sempre foi, para sobreviver muitos dias.
    Serra não é Lula.
    Dilma é Lula.
    E Lula é Dilma.
    Simples. Verdadeiro. Invencível.

  • Stefano diz: 14 de junho de 2010

    Realmente, não existem surpresas com Serra: sanha privacionista; alinhamento automático a política colonialista dos EUA; ruptura com blocos econômicos favoráveis que estão mudando o eixo do planeta, como o Mercosul; redução dos direitos dos trabalhadores, sob o pretexto de ‘desonerar’ o emprego; redução do estado, na busca do estado mínimo; truculência nas relações com os trabalhadores, com manifestantes, com movimentos sociais.

    Esta é a cara do Sr. José (pedágio/enchente) Serra. Ninguém mais se engana, ninguém se surpreende. Eu diria que não existe mais lugar neste país para o Zé e sua catrefa de asseclas rapinas tucanos-demos-udenistas.

  • Luciana diz: 14 de junho de 2010

    É bom dar uma chaacoalhada para parar com a palhaçada que na minha opinião esta sendo armada pelo PIG, isso dos dossies e armada pelo PIG para criar uma situação de desconforto e duvida. Isso e sedição, isso e golpismo na sua nascente.
    Os dados do Eduardo Jorge, estão na internet desde o ano passado quando ele se defendeu das investigações do COAF. ele mostrou extratos, copias de seu IR, papelada que alguém copiou ou ele deu a imprensa para que o PIG o defendesse. E só ver artigo do CONJUR de 2009 e este outro artigo publicado no site: http://politicaetica.com/category/eduardo-jorge/

  • João Carlos diz: 14 de junho de 2010

    Ei Galera do Diarios de Brasília, aqui por SC esta fechado a Triplice Aliança, portanto, já era prá Dilma por aqui, foram cutucar a fera (LHS) com vara curta, agora o PT (Nacional) vai ter que se virar por aqui. Chega Outubro……

  • Norberto Wandersee diz: 14 de junho de 2010

    Não aprendeu ainda. Talvez ele elimina o fator previdenciario, criado pelo FHC e faz alguns emprestimos junto ao FMI.

  • vwalter diz: 14 de junho de 2010

    Só o que faltava o SERRA como a amnésia. Esqueceu do que esta vindo ai? o Livro que o Aécio ajudou a produzir do AMAURI RIBEIRO JR. OS poroes da privataria…. sugestivo o nome, nao????

  • waldemar krajeski filho diz: 15 de junho de 2010

    Chega outubro para que o povo possa de uma vez por todas enterrar o atraso nacional (serra) e estadual (pmdb, psdb e demos). Dilma presidente, Ideli governadora, é 13!

  • santos silva diz: 16 de junho de 2010

    é complicado, mas vou perguntar porque será que “vocês” não publicam nada de contindente contra “elles – serra”

  • ATÉ QUANDO MEU DEUS!!!! diz: 19 de junho de 2010

    ah,realmente serra,o povo não terá surpresas mesmo,pois todos já estão carecas de saber quem tu és,e de onde vens e o que tu fizeste até agora,diferente do lula ,que todos acharam que ia ser diferente,mas não foi,pois até agora só aJUDOU OS BANQUEIROS QUE PASSARAM SUAS DUAS GESTÕES BATENDO RECORDES DE LUCROS MENSAIS EM CIMA DE UM POVO COMPLETAMENTE ENDIVIDADO PELO ARROCHO SALARIAL ,PRINCIPALMENTE A CLASSE MÉDIA QUE FOI DIZIMADA PERANTE O SALÁRIO MÍNIMO E A INFLAÇÃO….

Envie seu Comentário