clicRBS
Nova busca - outros
17 mar09:58

Argentina e Brasil definem cotas para carne suína brasileira

Rural BR

Os ministros de Agricultura de Argentina e Brasil, Norberto Yauhar e Mendes Ribeiro Filho, respectivamente, chegaram a um acordo para estabelecer cotas para as importações argentinas de carne suína brasileira.

– Vamos fixar uma cota baseada na média importada nos últimos anos –, explicou Yauhar, em entrevista coletiva à imprensa, depois da reunião desta sexta, dia 16, na sede do Ministério da Agricultura,Pecuária e Pesca da Argentina, em Buenos Aires.

O ministro argentino explicou que essa medida evitaria a incidência de “picos” de importação, que prejudicam a economia do país. Norberto Yahuar disse, ainda, que esse acordo em torno de cotas despreocuparia a indústria de embutidos e reduziria a pressão inflacionária.

À Agência Estado, Mendes Ribeiro revelou que uma nova conversa ocorrerá na terça, dia 20, por telefone. De acordo com o ministro brasileiro, a média de exportação mensal do Brasil tem sido de três mil toneladas por mês. Ele acredita que a cota ficará nesse nível.

Em seu perfil pessoal no Twitter, Mendes Ribeiro afirmou que também foi definida uma pauta de trabalho conjunta, que inclui a regularização da entrada de trigo e de arroz no Brasil.

– Com essa visita, abrimos um canal de diálogo importante com o governo argentino. Acredito que agora as questões se resolverão com rapidez – publicou.

As exportações brasileiras de suínos estão barradas na fronteira argentina desde o dia 1º de fevereiro.

Saiba mais

> Entre os principais itens que o Brasil exportou para a Argentina, em 2011, estão cacau (US$ 149 milhões); carne suína (US$ 130 milhões); e café (US$ 92 milhões). As exportações agrícolas para este país, no ano passado, totalizaram US$ 750 bilhões.

> Da Argentina, o Brasil importou mais, em 2011, trigo (US$ 1 bilhão) e arroz (US$ 117 milhões). As exportações argentinas totalizaram, neste período, US$ 4 bilhões.

> 75% da carne suína importada pela Argentina vêm do Brasil e 15% do Chile.

Por

Comentários