Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Opinião do leitor: abaixo a Ponte Hercílio Luz

08 de abril de 2015 2

Prezado Rafael:
Cumprimentando-o, venho externar minha concordância com sua opinião lançada na Coluna Visor do DC em relação à nossa querida Ponte Hercilio Luz.
Como todos que vivem nesta cidade, também amo a nossa velha e querida ponte, a qual foi o primeiro desenho que rabisquei na vida.
Todavia, hoje a nossa amada ponte é enferma e moribunda, mal tratada pelo tempo e, principalmente, por aqueles que lhe deveriam cuidar.
Infelizmente não pode mais servir como freio ao progresso nem como instrumento de financiamento de campanhas e discursos de políticos demagógicos , razão pela qual melhor seria lhe dar uma morte digna, demolindo-a, reciclando o seu material e com ele construindo uma nova em seu lugar, com um projeto moderno inspirado em suas elegantes linhas .
Isso já foi feito em muitos lugares do mundo e pode ser feito aqui também, basta vontade política.
Talvez um plebiscito respaldasse essa nossa opinião.

Domingos Kriger Filho

Leia mais:
::: Abaixo a Ponte Hercílio Luz

::: Empresa retoma obras na ponte Hercílio Luz com prazo de seis meses para entrega
::: Ministério Público de Contas investiga desperdício de dinheiro e falta de fiscalização na Ponte Hercílio Luz

comentários

Comentários (2)

  • Aurélio diz: 8 de abril de 2015

    Perfeito, é isso aí, só uma cabeça muito retrógrada e limitada para não concordar com a demolição da ponte. São as viúvas nostálgicas. Temos que pensar no futuro, nas gerações futuras, numa cidade que tem sede extrema por mobilidade urbana, em especial na ligação ilha-continente. Uma ponte moderna ligando a Beira Mar Norte à Beira Mar Continental seria o máximo. Mas não adianta ficar só falando, alguém tem que tomar a iniciativa. Você mesmo, Rafael, peça à RBS encomendar uma pesquisa pública, que já seria um começo para se chegar a um plebiscito oficial. Se deixar nas mãos dos políticos, será a “eterna teta”.

  • Ronaldo Daniel Bastos diz: 8 de abril de 2015

    Minha vovozinha esta com 91 anos, quebrou o fêmur, na vida de trabalho pesado uma perna e um braco cheio de pinos, não tem como reformar a velhinha, esta dura, quase não tem movimentos e nem mobilidade. Comparações a parte, vamos pegar esses políticos mal feitores da nossa gloriosa sociedade, e fazer devolver todo dinheiro gasto em reformas mentirosas com único intuito de levar e desviar nosso dinheiro. A sociedade eh a unica culpada por tudo isso, um problema no nariz dos moradores, a omissão tomou conta, não adianta querer reclamar agora, falta mobilização do povo.

Envie seu Comentário